Categories
Shows e eventos

Festa do II Trofeu Sexo MPB reune vários estilos e gerações em noite antológica

Fátima Guedes, Eliana Pittman, Rodrigo Faour, Márcia Castro e Edy Star
Trenzinho com Fátima Guedes, Eliana Pittman, Rodrigo Faour, Márcia Castro e Edy Star
Alcione, Waleska, Ademilde Fonseca e Eliana Pittman
Encontro de divas: Alcione, Waleska, Ademilde Fonseca e Eliana Pittman
Fernanda Abreu canta um medley de Rita Lee na festa de 2 anos do Sexo MPB
Fernanda Abreu, cantando um medley de Rita Lee

Comemorando dois anos do programa Sexo MPB, na MPB FM carioca, o lançamento do CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” (EMI Music) e a reestreia do programa “História sexual da MPB”, no Canal Brasil, a festa na noite de segunda-feira, dia 20 de setembro, no Centro Cultural Carioca, entrou para a história da música brasileira por reunir alguns dos maiores ícones da MPB de vários estilos e gerações. Na ocasião, entreguei o II Trofeu Sexo MPB aos artistas que contribuíram para a MPB ficar mais sexy e quente. Eis os agraciados e suas categorias pela ordem de apresentação:

Ademilde Fonseca – Veterana sexy

Eliana Pittman – Diva exuberante

Waleska – Diva da Fossa sexy

Fátima Guedes – Mulher Muito intensa reincidente

Márcia Castro – Revelação sexy

Alcione – Loba sexy

Lana Bittencourt – Explosão Passional

Márcio Gomes, Alfredo Del-Penho e Pedro Paulo Malta – Revelação sexy

Angela Ro Ro – Vulcão trepidante

Edy Star – Divo desbundado

Fernanda Abreu – Diva pop samba funk

Toni Garrido – Black is beautiful

João Roberto Kelly – Muso do Bole-bole

Manhoso – Rei do Pornô-forró

Frenéticas – Carnaval-Disco girls

Cláudia – Voz de ouro

Perla – Explosão tropical

Toni Garrido na festa de 2 anos do Sexo MPB, de Rodrigo Faour
Toni Garrido cantando "Samurai", de Djavan
Angela Ro Ro e Rodrigo Faour na festa de 2 anos do Sexo MPB
Angela Ro Ro dá um arroxo em Rodrigo Faour
Rodrigo Faour, Perla, Eliana Pittman e Cláudia na festa de 2 anos do Sexo MPB
Rodrigo Faour, Perla, Eliana Pittman e Cláudia
Lana Bittencourt na festa do II Trofeu Sexo MPB, de Rodrigo Faour, em 2010
Lana Bittencourt: explosão passional
As Frenéticas na festa de 2 anos do Sexo MPB
As Frenéticas - Lidoka, Leiloca, Dhu Moraes e Edyr - recebendo o Trofeu Sexo MPB
Márcio Gomes, Pedro Paulo Malta, Rodrigo Faour e Alfredo Del-Penho na festa de 2 anos do Sexo MPB
Márcio Gomes, Pedro Paulo Malta, Rodrigo Faour e Alfredo Del-Penho: confraternização sexy
Edy Star, Fernanda Abreu, Eliana Pittman e João Roberto Kelly na festa de 2 anos do Sexo MPB
Edy Star, Fernanda Abreu, Eliana Pittman e João Roberto Kelly na "Dança do bole-bole"
Rodrigo Faour entrevista o forrozeiro Manhoso na festa de 2 anos do Sexo MPB
Rodrigo Faour entrevista o forrozeiro Manhoso

Veja no link abaixo a galeria de fotos (de Juliana Torres, do Canal Brasil):

http://picasaweb.google.com.br/rodrigofaour/FESTADOIITROFEUSEXOMPBSET2010#

Fotos do ENSAIO da festa no Estúdio Floresta (RJ)

http://picasaweb.google.com.br/rodrigofaour/EnsaioDaFestaDe2AnosDoSexoMPB#

Matéria da coluna Gente Boa, de Joaquim Ferreira dos Santos

Jornal O Globo

Matéria da coluna Gente Boa sobre a festa de 2 anos do Sexo MPB de Rodrigo Faour
Matéria da coluna Gente Boa sobre a festa de 2 anos do Sexo MPB de Rodrigo Faour
Categories
Televisão

Estreia no próximo dia 22/9 a segunda temporada do “História Sexual da MPB” no Canal Brasil

Rodrigo Faour e Toni Garrido no programa "História sexual da MPB"

Rodrigo Faour e Eliana Pittman no programa História Sexual da MPBJair Rodrigues e Rodrigo Faour no programa História Sexual da MPB

O programa História sexual da MPB, baseado em meu livro homônimo, chega à segunda temporada no próximo dia 22, quarta-feira, à meia-noite, no Canal Brasil. Serão sete episódios inéditos seguidos pela reprise dos seis primeiros, num total de 13. Vai rolar sempre às quartas à meia-noite, com reprise de sexta pra sábado 4h30 da manhã, e segunda às 18h.

Mesmo com uma primeira temporada curta – de apenas seis episódios – o meu programa já está sendo indicado a “melhor programa musical”, pela Revista Monet, especialista em TV por assinatura. Quem quiser, pode votar no link abaixo: http://editora.globo.com/pesquisas/quiz_revistamonet_240810.htm#grupo0

O episódio de estreia será muito rico em conteúdo. É sobre a Sensualidade Negra. Fala de como a figura da mulata sempre foi mais erotizada que o da mulher branca na música brasileira até os anos 60, e também de como o preconceito e a censura pegaram no pé do homem negro, inclusive em seu lado sensual. O programa traz entrevistas com Elza Soaeres, Eliana Pittman, Jair Rodrigues, Alcione, João Roberto Kelly, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Simoninha & Max de Castro, além de números musicais com vários desses artistas, além de clipes de Zezé Motta, Elizeth Cardoso, Toni Tornado, Elis Regina e Miltinho.

Max de Castro, Rodrigo Faour e Wilson Simoninha no programa História Sexual da MPB

Matéria do Jornal O Globo sobre a estreia da segunda temporada do programa História Sexual da MPB, de Rodrigo Faour, no Canal Brasil
Matéria da Revista da TV do Jornal O Globo sobre a estreia da segunda temporada do programa "História Sexual da MPB"
Matéria da Revista da TV do Jornal O Globo sobre a reestreia do “História Sexual da MPB”, no Canal Brasil

 

Categories
Rádio

Festa antológica de entrega do I Trofeu Sexo MPB

Perla, Rodrigo Faour e Vanusa
Perla, Rodrigo Faour e Vanusa: encontro delicioso
Lana Bittencourt, Ademilde Fonseca e Rodrigo Faour
Ademilde Fonseca exibe o Troféu Sexo MPB, com Lana Bittencourt e Faour
Rodrigo Faour premia Toni Garrido
Faour premia Toni Garrido
Faour entre Lidoka, Leiloca, Dhu e Sandra Pêra: as desbundadas Frenéticas
Faour no meio das desbundadas Frenéticas: Lidoka, Leiloca, Dhu e Sandra Pêra

Na última quarta-feira, dia 10 de junho, reuni no Centro Cultural Carioca alguns dos melhores artistas da música brasileira (vide fotos de Cristina Lacerda). Foi, sem dúvida, a noite mais emocionante da minha vida. Comemorando 1 ano do meu programa SEXO MPB na MPB FM,  inventei um talk-show com direito a canjas de intérprtes de vários estilos e gerações, e para coroar ainda mais a noite, tirei da cartola o “Troféu Sexo MPB” que concedi “a todos os que contribuíram para a MPB ficar mais sexy e quente”. Em verdade, foi uma boa desculpa para se ouvir artistas de verdade, gente que canta ou compõe com emoção verdadeira – quebrando barreiras etárias e do que seria supostamente brega ou chique. Hoje em dia há poucos eventos desta natureza, cada tribo fica na sua toca e eu acho isso muito limitador. Por isso, me encheu de felicidade trazer ao palco as veteranas Ademilde Fonseca (88 anos) e Lana Bittencourt (77), num mesmo evento onde todos puderam conferir novos talentos da maior qualidade, como a cantora baiana Márcia Castro que se apresentou com o multi-instrumentista Donatinho, além da cantriz Gottsha, do vozeirão do carioca Márcio Gomes e do balanço do pernambucano André Rio (do famoso bloco Galo da Madrugada). Além disso, recebi as eternas divas exuberantes Perla (paraguaia, há 39 anos no Brasil) e Vanusa, as classudas Fátima Guedes e Marina Lima, os irreverentes Eduardo Dussek e Fausto Fawcett, o grande astro da sensualidade negra Toni Garrido, além de quatro deliciosas Frenéticas originais (Lidoka, Leiloca, Dhu Moraes e Sandra Pêra) e o ícone-mor da sensualidade na música brasileira: Ney Matogrosso.  Haja coração, né gente?

Confira as divertidas categorias do Troféu Sexo MPB: 

  • Ademilde Fonseca – categoria: “Veterana sapeca – Rainha Sexy do Choro”
  • Lana Bittencourt – categoria: “Super Diva passional”
  • Fátima Guedes – categoria: “Mulher Muito intensa”
  • Marina Lima – categoria: “Musa sexy atemporal”
  • Eduardo Dussek – categoria: “Índio louro com pinta de negão”
  • Fausto Fawcett – categoria: “Muso das louras
  • Toni Garrido – categoria – “Negão – homem-fetiche da MPB”
  • Vanusa – categoria: “Diva Loura Sperstar”
  • André Rio – categoria: “Como era grande o Galo da Madrugada”
  • Frenéticas – categoria: “Divas Abusadas do Desbunde”
  • Perla – categoria: “Diva Latina Bombshell”
  • Ney Matogrosso – categoria: “Hors concours” (“Muso dos musos”)

André Rio, Fátima Guedes, Ney Matogrosso e Rodrigo Faour
André Rio, Fátima Guedes, Ney Matogrosso e Rodrigo Faour na Festa de 1 ano do Sexo MPB
Rodrigo Faour entrevista Marina Lima
Rodrigo Faour entrevista Marina Lima
Ney Matogrosso canta com Marina Lima
Ney Matogrosso canta com Marina Lima
Faour entre parte do elenco da Festa de 1 ano do Programa Sexo MPB
Faour entre parte do elenco da Festa de 1 ano do Programa Sexo MPB
Matéria de Leonardo Lichote - Jornal O Globo - 12/06/2009
Matéria de Leonardo Lichote - Jornal O Globo - 12/06/2009
Coluna de Anna Ramalho - Jornal do Brasil - 12/06/2009
Coluna de Anna Ramalho - Jornal do Brasil - 12/06/2009

Veja todas as fotos da festa aqui.

Veja também a matéria de Christina Fuscaldo. Não concordo que tenha sido uma noite com tantas “bobagens”, como ela diz no título, mas é uma matéria simpática, que explica por alto o que rolou na noite.  Ah! E a primeira grande emoção da noite foi Lana Bittencourt cantando “Sangrando”. Que fique aqui registrado!

Houve também cobertura do site O Fuxico.

Categories
Rádio

Festa de 6 meses do Programa Sexo MPB

É muito bacana fazer um programa de rádio, tocando o melhor da MPB, sem concessões – do cool ao passional, do brega ao chique, de várias gerações. Com seis meses no ar pela MPB FM (90.3 MHz, no Rio , e pelo site http://www.mpbbrasil.com/, de segunda à sexta, à meia-noite, com reprise aos sábados, 22h), o programa SEXO MPB triplicou a audiência da emissora no horário e vem me dando muitas alegrias. Cada semana apresento um tema ligado a amor, sexo e comportamento, com direito também a entrevistas com grandes nomes da música brasileira.

Depois da belíssima festa de lançamento, em maio, que reuniu Ademilde Fonseca, Miltinho, As Frenéticas (originais), Beth Carvalho, Wando, Ney Matogrosso, Fátima Guedes, a sexóloga Regina Navarro Lins, e novos talentos como Gottsha, Márcio Gomes, Silvia Machete, Edu Krieger e Alfredo Del-Penho, em entrevistas e performances ao vivo, tivemos a idéia de fazer agora uma festa mensal no Atlântico (bar simpático na Avenida Altântica, em Copacabana). E a festa de abertura rolou justamente no dia 19 de novembro, data em que o programa comemorou seis meses de vida.

O tema foi “Negão – O homem fetiche” (que também foi tema de um dos meus programas) e tive como convidado especial o adorável (e lindo) Toni Garrido, que me deu uma pequena entrevista e cantou o animadíssimo “Tema do Solteiro (no Rio de Janeiro)”. Eduardo Dussek e Fátima Guedes também foram me prestigiar. Rolou muita música de nossos queridos negões – Djavan, Benjor, Tim Maia, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Osvaldo Nunes e tantos outros… E tivemos uma bela cobertura da repórter Maria Fortuna da Coluna Gente Boa, do jornal O Globo que segue abaixo… Fiquem ligados nas próximas edições da festa!

O Globo – 21/11/2008

Categories
Coletâneas

Araketu – Série "Maxximum"

Ara Ketu – Série “Maxximum” (SonyBMG, 2005)

O bloco afro-baiano Ara Ketu foi fundado em 1980 e já era uma unanimidade em sua terra natal quando veio a idéia da formação de um grupo musical para difundir o que já faziam durante o carnaval, o que aconteceu em 87. Inicialmente o sucesso se deu no exterior, mas a partir do álbum Ara Ketu Bom Demais, em 1994, no auge da Axé Music, seu nome nunca mais passaria incólume entre os foliões de vários estados brasileiros. Com suas músicas alegres e maliciosas, fez escola e influenciou outros grupos que apareceram em seu rastro. Rodrigo Faour

1. Mal-acostumado (ao vivo) (Meg Evans/ Ray Araújo) (1998)
2. Ara Ketu bom demais (Dinho) (1994)
3. Pipoca (Alain Tavares/ Clóviz Cruz/ Gilberto Timbaleiro) (1997)
4. Carta branca (Marquinhos Maraial/ Beto Caju) (2003)
5. No swing do Ara (Clóvis Cruz/ Birro Pacheco) (1994)
6. Alegria da cidade (Lazzo/ Jorge Portugal) (1999)
7. Amor e devoção (Tatau) (2000)
8. Ô, meu Pai (ao vivo) (Tatau/ Birro Pacheco) (1998)
9. Avisa a vizinha (Vixe Maria) (Alain Tavares/ Gilson Babilônia) (1996)
10. Nunca vou te esquecer (Woman in love) (B. Gibb/ R. Gibb/ versão: Bola) (2001)
11. Fanfarra (ao vivo) (Jauperi/ Paulinho Levi) (1998)
12. Pra levantar poeira (Pierre Onassis) (1996)
13. La bamba (Adpt.: R.Valens) (1996)
14. Sina (ao vivo) (Djavan) (1998)
ENCONTROS
15. Ara amor (Pierre Onassis) – com Djavan (1996)
16. O erê (Bino Farias/ Bernardo Vilhena/ Lazão/ Da Gama/ Toni Garrido)– com Toni Garrido (2002)

Pesquisa de repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Flávio Pinheiro