Categories
Coletâneas

Nelson Cavaquinho ganha coletânea de gravações consagradas e esquecidas em homenagem a seu centenário

Analisando o acervo da EMI Music, me dei conta que algumas das gravações mais interessantes da obra do Nelson Cavaquinho foram realizadas na Odeon. E também que havia um monte de sambas raros do emérito mangueirense que quase ninguém conhece. Baseado nisso, criei o CD duplo “Nelson Cavaquinho 100 anos – Degraus da vida”, que acaba de chegar às lojas. Aí ainda consegui licenciar algumas de outras gravadoras e o resultado ficou do jeito que eu queria. Espero que gostem.

Nelson Cavaquinho 100 anos - Degraus da vida (EMI Music) Produzido por Rodrigo Faour

NELSON CAVAQUINHO 100 ANOS – DEGRAUS DA VIDA (EMI Music, 2011)

 

CD 1 – Sambas consagrados

Sucessos imortais do compositor

 

1. Folhas secas (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Beth Carvalho – do CD “Nome Sagrado – Beth Carvalho interpreta Nelson Cavaquinho”, Jam Music (2001)

2. Minha festa (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Clara Nunes – do LP “Clara Nunes” Odeon (1973)

3. A flor e o espinho (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito/ Alcides Caminha) – do LP “Elizeth sobe o morro” Copacabana (1965) 

4. Notícia (Nelson Cavaquinho/ Alcides Caminha/ Nourival Bahia) – Roberto Silva – do LP “Descendo o morro nº4” Copacabana (1961) 

5. Sempre Mangueira (Nelson Cavaquinho/ Geraldo Queiroz) – Clara Nunes – do LP “Clara Clarice Clara” Odeon (1972) 

6. Pranto de poeta (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Elza Soares – do LP “Elza Soares” Odeon (1973)

7. O meu pecado (Nelson Cavaquinho/ Zé Keti) – Elizeth Cardoso – do LP Elizeth Cardoso “400 anos de samba” Copacabana (1965)

8. Juízo final (Nelson Cavaquinho/ Élcio Soares) – Clara Nunes – do LP “Claridade” Odeon (1975)

9. Degraus da vida (Nelson Cavaquinho/ César Brasil/ Antônio Braga) – Roberto Silva – do LP “Descendo o morro nº4” Copacabana (1961)

10. Vou partir (Nelson Cavaquinho/ Jair Costa) – Elizeth Cardoso – do LP “Elizete sobe o morro” Copacabana (1965)

11. Palhaço (Nelson Cavaquinho/ Osvaldo Martins/ Washington Fernandes) – Dalva de Oliveira – do 78 rpm Odeon 13.134-a (1951)

12. Duas horas da manhã (Nelson Cavaquinho/ Ari Monteiro) – Paulinho da Viola – do LP “A dança da solidão” Odeon (1972)

13. Luz negra (Nelson Cavaquinho/ Amâncio Cardoso) – Elizeth Cardoso e Nelson Cavaquinho – do LP “Elizete sobe o morro” Copacabana (1965).

14. Quando eu me chamar saudade (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Nora Ney – do LP “Tire o seu sorriso do caminho” Som Livre (1972)

 

CD 2 – Sambas guardados

Composições raras ou menos conhecidas

1. Tenha paciência (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Clara Nunes – do LP “Canto das 3 raças” Odeon (1976)

2. Quero alegria (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Emílio Santiago – do LP “Emílio Santiago” CID (1975)

3. Deus não me esqueceu (Nelson Cavaquinho/ Armando Bispo/ Ananias Silva) – Germano Batista – do LP “Um sambista 100%” Copacabana (1969)

4. Meu caminho (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Beth Carvalho – do LP “De pé no chão” RCA Victor (1978)

5. Caridade (Nelson Cavaquinho/ Ermínio do Vale) – Black-Out – do 78 rpm Black-out Copacabana 5.319 (1954) ou LP 10’ Black-out – Copacabana CLP 3065 (1956)

6. É só vergonha (Nelson Cavaquinho/ Erminio Vale) – Gilberto Alves – do 78 rpm Gilberto Alves Copacabana 5.304-a (1954)

7. Se me der adeus (Nelson Cavaquinho/ Amado Régis) – Jorge Veiga – do Compacto Simples Copacabana 0827 (1969)

8. Não precisa me humilhar (Nelson Cavaquinho/ Amado Régis) – Germano Batista – do LP “Um sambista 100%” Copacabana (1969)

9. Cigarro (Nelson Cavaquinho/ José Batista) – Risadinha – do 78 rpm Risadinha Odeon 13.419-a (1953) 

10. A vida (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Carlos Galhardo – do LP “Parabéns a mim por ter você” Odeon (1978)

11. Mesa farta (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Márcia – do LP “Ronda” Odeon (1977)

12. Se você me ouvisse (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Beth Carvalho – do LP “Nos botequins da vida” RCA Victor (1977) 

13. Sinal de paz (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) – Jurema – do LP Jurema “Sinal de paz” EMI-Odeon 062 421203 (1980) 

14. Depois da vida (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito/ Paulo Gesta)– Paulinho da Viola – do LP “Paulinho da Viola” Odeon (1971)

 A seguir, a belíssima matéria de Leonardo Lichote no jornal O Globo sobe o CD “Nelson Cavaquinho 100 anos – Degraus da vida“, publicada sexta-feira, dia 25/2/2011:

Categories
Coletâneas

Cartola bate outra vez – Vol. 2

Cartola bate outra vez – Vol. 2 – Vários intérpretes (Som Livre, 2008)

Em 1988, foi produzido o álbum Cartola, bate outra vez, onde diversos grandes nomes da MPB regravaram 12 das mais famosas canções de sua obra. O disco foi um sucesso e nunca parou de vender. Eis que 20 anos depois temos este segundo volume com mais 14 sambas para homenagear seu centenário, compilando registros históricos que vão dos anos 70 aos dias atuais. Rodrigo Faour

1. Alvorada – Maria Bethânia e Hermínio Bello de Carvalho
2. Divina dama – Chico Buarque
3. Basta de clamares inocência – Elis Regina
4. Festa da vinda – Cauby Peixoto e Zeca Pagodinho
5. Não quero mais a mar a ninguém/ Peito vazio/ Acontece – Emílio Santiago
6. O inverno do meu tempo – Elizeth Cardoso
7. Sim – Nelson Gonçalves
8. Tempos idos (ao vivo) – Paulinho da Viola e Toquinho (violão)
9. Qual foi o mal que eu te fiz? – Dona Inah
10. Ensaboa – Ney Matogrosso
11. Labaredas – Joanna
12. Eu sei – Alcione e Cartola
13. Que sejam bem-vindos – Beth Carvaho
14. Que seja bem feliz – Clara Nunes

Seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour

Categories
Coletâneas

Samba e Pagode – Série "Maxximum"

Samba e Pagode – Série “Maxximum” (SonyBMG, 2006)

Neste CD com o melhor do samba e pagode dos últimos 40 anos, você terá a chance de recordar sucessos sambísticos de carnavais dos anos 60 (Palmas no portão, com Risadinha), 70 (Ai que vontade, com Oswaldo Nunes) e 80 (Pega ela, peru, com Mussum); vai cair no samba mais pop dos Originais seguindo a “peladona” do primeiro andar. Vai pular ao som de ídolos do samba mais recentes como Zeca Pagodinho, Dudu Nobre, SPC e Fundo de Quintal, recordar os saudosos Bezerra da Silva e João Nogueira e as madrinhas Alcione e Beth Carvalho. De quebra, uma raridade da diva Elza Soares (Coração vadio). Rodrigo Faour

1 Clube do samba (João Nogueira) – João Nogueira e Martinho da Vila (1983)
2 A grande família (Tom & Dito) – Dudu Nobre (2001)
3 Bicho feroz (Tonho Magrinho/ Claudinho Inspiração) – Bezerra da Silva (1985)
4 Fiquei amarrado na tua blusinha (Barbeirinho do Jacarezinho/ Rody) – Zeca Pagodinho (1992)
5 A barata (Alexandre Pires) – Só Pra Contrariar (1993)
6 Devagar, devaraginho (Eraldo Divagar) – Martinho da Vila (1995)
7 Kid cavaquinho (João Bosco/ Aldir Blanc) – João Bosco (1975)
8 A dona do primeiro andar (Luiz Carlos/ Lucar) – Os Originais do Samba (1975)
9 Ai que vontade (Beto Sem Braço/ Dão) – Oswaldo Nunes (1978) (*)
10 A vizinha (Pega ela, peru) (Paulinho Durena/ Alfredo Melodia) – Mussum (1980) (*)
11 Coração vadio (Edil Pacheco/ Paulinho Diniz) – Elza Soares (1979) (*)
12 Palmas no portão (Walter Dionizio/ D’Acri Luiz) – Risadinha (1967) (*)
13 Ô Isaura (Rubens da Mangueira) – Beth Carvalho (1978)
14 Mar de carinhos (Arlindo Cruz/ Aluísio Machado) – Alcione (1996)
15 Coração leviano (Paulinho da Viola) / Argumento (ao vivo) – Paulinho da Viola (1997)
16 O show tem que continuar (ao vivo) (Arlindo Cruz/ Sombrinha/ Luiz Carlos da Vila) – Grupo Fundo de Quintal (2000)

(*) raridades

Pesquisa de repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Flávio Pinheiro e Marcus Fabrício

Categories
Coletâneas

O Melhor da MPB – Série "Maxximum"

O Melhor da MPB – Série “Maxximum” (SonyBMG, 2006)

A sigla MPB é muito vasta. Hoje em dia ela congrega canção, valsa, choro, samba, forró, pop/rock, regionalismos em geral, enfim, tudo isso é música popular feita no Brasil. Esta coletânea tentar dar uma geral neste tamanho ecletismo, trazendo ícones de várias de suas vertentes, incluindo algumas raridades, tais como a gravação original de Sabiá, com Cynara e Cybele, o registro de Andança, feito por seu co-autor Danilo Caymmi (com Vânia), ambos de 1968. Há ainda a latinidade-pop da cantora/atriz Tânia Alves na salsa Tanta saudade, de Djavan e Chico Buarque. Rodrigo Faour

1 Anos dourados (Tom Jobim/ Chico Buarque) – Maria Bethânia (1986)
2 Tanta saudade (Djavan/ Chico Buarque) – Tânia Alves (1985) (*)
3 Amor covarde (Alceu Valença) – Alceu Valença (1986)
4 Tema de amor de Gabriela (Tom Jobim) – Gal Costa e Tom Jobim (1983)
5 Manias (Flávio Cavalcanti/ Celso Cavalcanti) – Alcione (1995)
6 Futuros amantes (Chico Buarque) – Chico Buarque (1993)
7 Promessa de Gantois (Mateus/ Dadinho) – Os Tincoãs (1976) (*)
8 Treze de dezembro (Luiz Gonzaga/ Zé Dantas/ Gilberto Gil) – Elba Ramalho (1996)
9 Bebadosamba (Paulinho da Viola) – Paulinho da Viola (1996)
10 O ronco da cuíca (João Bosco/ Aldir Blanc) – João Bosco (1976)
11 Andança (Edmundo Souto/ Danilo Caymmi/ Paulinho Tapajós) – Danilo Caymmi e Vânia (1968) (*)
12 Sabiá (Tom Jobim/ Chico Buarque) – Cynara e Cybele (1968) (*)
13 Paralelas (Belchior) – Vanusa (1975)
14 Maré mansa (Martinho da Vila/ Paulinho da Viola) – Eliana Pittman (1974) (*)
15 Otália da Bahia (Antonio Carlos/ Jocafi) – Maria Creuza (1977)
16 Águas de março (Tom Jobim) – Zé Ramalho e Tetê Espíndola (2003)

(*) raridades

Pesquisa de repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Flávio Pinheiro e Marcus Fabrício

Categories
Coletâneas

MPB no Samba-Enredo

MPB no Samba-Enredo – Vários intérpretes (EMI Music, 2006)

Este CD traz 11 grandes nomes da MPB (Clara Nunes, Roberto Ribeiro, Doris Monteiro, Miltinho, Dona Ivone Lara, Paulinho da Viola, Beth Carvalho…) interpretando alguns dos mais belos sambas-enredo das escolas de samba cariocas – do tempo em que elas primavam pelas melodias mais trabalhadas, andamentos menos acelerados e letras que transbordavam em poesia. De quebra, apresenta três faixas inéditas em CD na voz da diva maior do samba, Elza Soares (Festa do Círio de Nazaré, O mundo fantástico do Uirapuru e O mundo melhor de Pixinguinha), e a raríssima Imagens poéticas de Jorge de Lima na voz de Ângela Maria. Um presente para os fãs do cancioneiro carnavalesco. Rodrigo Faour


1 Macunaíma
(Norival Reis/ David Corrêa) – Clara Nunes e Conjunto Nosso Samba (1974)
2 Festa do Círio de Nazaré (Aderbal Moreira/ Dario Marciano/ Esmera) – Elza Soares (1975)
3 Rio Grande do Sul na Festa do Preto Forro (Nilo Mendes/ Dario Marciano) – Beth Carvalho (1972)
4 O mundo fantástico do Uirapuru (Nezinho/ Campo/ Tatu) – Elza Soares (1975)
5 Exaltação a Tiradentes (Tiradentes) (Estanislau Silva/ Penteado/ Mano Décio) – Roberto Silva (jan/1955)
6 Lendas do Abaeté (Jajá/ Manoel/ Preto Rico) – Miltinho e Doris Monteiro (1973)
7 Alô! Alô! Taí, Carmen Miranda (Heitor/ Maneco/ Wilson Diabo) – Roberto Ribeiro (1972)
8 Ilu Ayê (Terra da vida) (Norival Reis/ Cabana) – Clara Nunes (1972)
9 Lapa em três tempos
(Rubens/ Ary do Cavaco) (mús. inc.: “Abre a janela”, de Arlindo Marques Jr. e Roberto Roberti) – Paulinho da Viola (1971)
10 O mundo melhor de Pixinguinha (Jair Amorim/ Evaldo Gouveia/ Velha) – Elza Soares (1976)
11 Imagens Poéticas de Jorge de Lima (Tolito/ Mozar/ Delson) – Angela Maria (1975) 12 São Paulo: Chapadão da Glória (Silas de Oliveira/ Joacyr Sant’Anna) – Dona Ivone Lara (1979)
13 Nordeste: seu povo, seu canto e a sua glória (Heitor/ Maneco/ Wilson Diabo da cuíca) – Roberto Ribeiro (1983)
14 Aquarela Brasileira
(Silas de Oliveira) – Elza Soares (1973)

Concepção, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação geral: Luiz Garcia, Marcos Kilzer Filho e Andréa Novaes

Opinião da imprensa

Universo Musical – Marcus Bin