Categories
Coletâneas

Samba e Pagode – Série "Maxximum"

Samba e Pagode – Série “Maxximum” (SonyBMG, 2006)

Neste CD com o melhor do samba e pagode dos últimos 40 anos, você terá a chance de recordar sucessos sambísticos de carnavais dos anos 60 (Palmas no portão, com Risadinha), 70 (Ai que vontade, com Oswaldo Nunes) e 80 (Pega ela, peru, com Mussum); vai cair no samba mais pop dos Originais seguindo a “peladona” do primeiro andar. Vai pular ao som de ídolos do samba mais recentes como Zeca Pagodinho, Dudu Nobre, SPC e Fundo de Quintal, recordar os saudosos Bezerra da Silva e João Nogueira e as madrinhas Alcione e Beth Carvalho. De quebra, uma raridade da diva Elza Soares (Coração vadio). Rodrigo Faour

1 Clube do samba (João Nogueira) – João Nogueira e Martinho da Vila (1983)
2 A grande família (Tom & Dito) – Dudu Nobre (2001)
3 Bicho feroz (Tonho Magrinho/ Claudinho Inspiração) – Bezerra da Silva (1985)
4 Fiquei amarrado na tua blusinha (Barbeirinho do Jacarezinho/ Rody) – Zeca Pagodinho (1992)
5 A barata (Alexandre Pires) – Só Pra Contrariar (1993)
6 Devagar, devaraginho (Eraldo Divagar) – Martinho da Vila (1995)
7 Kid cavaquinho (João Bosco/ Aldir Blanc) – João Bosco (1975)
8 A dona do primeiro andar (Luiz Carlos/ Lucar) – Os Originais do Samba (1975)
9 Ai que vontade (Beto Sem Braço/ Dão) – Oswaldo Nunes (1978) (*)
10 A vizinha (Pega ela, peru) (Paulinho Durena/ Alfredo Melodia) – Mussum (1980) (*)
11 Coração vadio (Edil Pacheco/ Paulinho Diniz) – Elza Soares (1979) (*)
12 Palmas no portão (Walter Dionizio/ D’Acri Luiz) – Risadinha (1967) (*)
13 Ô Isaura (Rubens da Mangueira) – Beth Carvalho (1978)
14 Mar de carinhos (Arlindo Cruz/ Aluísio Machado) – Alcione (1996)
15 Coração leviano (Paulinho da Viola) / Argumento (ao vivo) – Paulinho da Viola (1997)
16 O show tem que continuar (ao vivo) (Arlindo Cruz/ Sombrinha/ Luiz Carlos da Vila) – Grupo Fundo de Quintal (2000)

(*) raridades

Pesquisa de repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Flávio Pinheiro e Marcus Fabrício

Categories
Coletâneas

Alcione e amigos

Alcione e Amigos (BMG, 2004)

Este CD traz duetos pouco óbvios da discografia de Alcione, onde ela mostra competência e versatilidade nos mais variados gêneros musicais, seja em diversos tipos de samba, como também no forró no pop e até mesmo cantando em inglês um irresistível Cry me a river. Os duetos são bastante interativos, longe da frieza que muitas vezes unem dois artistas somente por questões comerciais. Que o digam as deliciosas faixas em que canta com Mussum, Jair Rodrigues e Roberto Ribeiro, só para citar três. Rodrigo Faour

1 – Não deixe o samba morrer (Edson/Aloísio) /
Leva meu samba (Ataulfo Alves) /
É luxo só (Ary Barroso/Luiz Peixoto) – com Jair Rodrigues (1998)
2 – Onde o Rio é mais baiano (Caetano Veloso) – com Caetano Veloso (1994)
3 – Roda ciranda (Martinho da Vila) – com Maria Bethânia (1984)
4 – Louco (Ela é seu mundo) (Wilson Batista/Henrique de Almeida) – com Nelson Gonçalves (1984)
5 – Eu sei (Cartola) – com Cartola (1980)
6 – Água benta (Sombrinha/Ratinho) – com Mussum e Alexandro (1983)
7 – A voz de Deus (Arlindo Cruz/Acyr Marques/Franco) – com Grupo Raça, Dicró, Marquinhos Satã, Roberto Ribeiro e Zeca Pagodinho (1989)
8 – Entre amigas (Michael Sullivan/Paulo Massadas) – com Núbia Lafayette (1985)
9 – Impossível Recomeçar (Anézio/Vera Lúcia/Wilson Bombeiro) – com mestre Marçal (1989)
10 – Violão e voz (Ana Carolina) – com Ana Carolina (2001)
11 – Doido pra vadiar (Jorge de Altinho) – com Jorge de Altinho (1987)
12 – Mel pra minha dor (Nelson Rufino/Avelino Borges) – com Roberto Ribeiro (1988)
13 – As rosas não falam (Cartola) – com voz de Altemar Dutra (1992)
14 – Cry me a river (Arthur Hamilton) – com Fernando de Carvalho (2000)

Projeto, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Produção executiva: Adriana Ramos
Coordenação de produção: Flávio Pinheiro

Opinião da imprensa

O Globo – João Pimentel

Site Universo Musical – Marcus Bin

Categories
Coletâneas

Dançando em Duplo Sentido

Dançando em Duplo Sentido – Vários intérpretes (Warner Music, 2008)

Desde o século XVIII até hoje, a MPB sempre foi pródiga em músicas de duplo sentido nos mais variados ritmos alegres de nosso cancioneiro. Este CD pesca fonogramas dos anos 70 aos 90, indo do brega cômico de Alypio Martins, ao forró dos ícones do duplo sentido Genival Lacerda, Manhoso, João Gonçalves e Clemilda. Há ainda intérpretes inusitadamente divertidos, como o saudoso sambista e humorista Mussum, a atriz/modelo/jurada-do-Chacrinha Elke Maravilha e o grupo-de-um-hit-só Vestidos de Espaço, com a pop/trash Pipi popô. Entre as faixas mais curiosas deste CD vale destacar o encontro de Genival Lacerda com o comediante Rony Rios, que durante anos viveu a personagem da Velha Surda em humorísticos como A Praça é Nossa, no xote A Vovó Bizantina gosta de roda. Hilariante. Rodrigo Faour

.

1. Gozar a vida (Alypio Martins/ Gisele) – Alypio Martins, 1984
2. Que vontade de comer goiaba (José Ramos) – Elke Maravilha, 1983
3. O peru (João Caetano/ Janjão) – Manhoso, 1989
4. Florisbela procura um sócio (Luiz Bouquinha/ Genival Lacerda) – Genival Lacerda, 1991
5. Oh! Darcy (Alípio Martins / Jesus Couto) – Alypio Martins, 1989
6. Vou de golzinho (Nicéas Drumont/ Graça Góis) – Genival Lacerda, 1990
7. Because Forever (João Nogueira/ Mussum) – Mussum, 1986
8. Seu Tuzinho (Durval Vieira) – Clemilda, 1991
9. Homem durão (Zezum/ Graça Góis) – Genival Lacerda, 1992
10. Ele furou minhas botas (Durval Vieira/ Clemilda) – Clemilda, 1990
11. Use álcool (Oscar Barbosa/ Glorinha) – João Gonçalves, 1986
12. A vovó Bizantina gosta de roda (Zezum/ Graça Góis) – Genival Lacerda e Rony Rios (a “Velha Surda”), 1991
13. Tira a calcinha (Alípio Martins) – Alypio Martins, 1986
14. Pipi Popô (Branco Mello/ Paulo Miklos/ Marcelo Fromer/ Arnaldo Antunes) – Vestidos de Espaço, 1988

Conceito, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Mkt Estratégico: Adriana Ramos e Gian Ucello
Warner Music – 2007

.

Opinião da imprensa

O Globo – Coluna “Gente boa” – Joaquim Ferreira dos Santos