Categories
Coletâneas Discos

Assis Valente ganha coletânea dupla caprichada em seu centenário

O compositor Assis Valente (1911-1958) teve uma vida trágica, mas perpetuou a alegria em sua obra. Alguns de seus melhores sambas e marchas estão no CD duplo Assis Valente não fez bobagem – 100 anos de alegria (EMI), entre releituras (CD 1) e gravações originais (CD 2).  No primeiro, Novos Baianos, Maria Bethânia, Maria Alcina, Martinho da Vila, Wanderlea, Marília Pêra, Isaurinha Garcia, Aracy de Almeida e outros mestres dão aula de ritmo e irreverência. Destaque para raridades como Um jarro d’água, na voz de Marlene, Recenseamento, na de Ademilde Fonseca e o clássico Boas festas, com Doris Monteiro. Já no segundo, seus intérpretes mais constantes, Carmen Miranda e o Bando da Lua, se alternam com Dircinha Batista, 4 Ases e 1 Coringa, Orlando Silva, Carlos Galhardo e Moreira da Silva, na maioria em registros dos anos 30, auge da carreira do compositor. Vale ainda mencionar a qualidade técnica dessas gravações, apesar de tão antigas, e o fato de a maioria ser inédita no formato digital. O álbum acompanha uma mini-biografia escrita por mim, todas as letras e os anos originais de lançamento. Uma delícia!

Assis valente não fez bobagem - produzido por Rodrigo Faour

Contracapa do CD Assis Valente não fez bobagem, com produção de Rodrigo Faour e design gráfico de Leandro Arraes (L&A Studio)

   Repercussão:

Crítica de Marcus Preto - Folha de S. Paulo - 7.12.11

Crítica de Tárik de Souza – Revista Carta Capital

Crítica de Tárik de Souza - Carta Capital - Dezembro/2011

Matéria da Revista Época – On Line (Danilo Casaletti)

http://revistaepoca.globo.com/cultura/noticia/2011/12/cd-e-programa-de-tv-comemoram-os-100-anos-de-assis-valente.html

 

Matéria do Diário do Grande ABC (Thiago Mariano)

http://www.dgabc.com.br/News/5931140/cronista-eterno.aspx 

 

Site Ziriguidum (Beto Feitosa)

http://www2.uol.com.br/ziriguidum/1112/111202-01.htm

 

Revista Sucesso!

http://www.portalsucesso.com.br/noticias/rica-obra-de-assis-valente-e-resgatada-em-coletanea-dupla

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Categories
Pesquisa Musical

O extraordinário Musical “Emilinha e Marlene – As Rainhas do rádio” estreia no Rio e precisa ser visto!

O musical EMILINHA E MARLENE – AS RAINHAS DO RÁDIO que estreou neste início de agosto no Teatro Maison de France, no Centro do Rio, é o melhor musical brasileiro que eu vi desde “Somos irmãs”, sobre a trajetória de Linda e Dircinha Batista. O texto de Thereza Falcão e Júlio Fischer é um primor, e o diretor Antonio De Bonis se superou. O trabalho das atrizes Solange Badim (como Marlene) Vanessa Gerbelli (como Emilinha) é outro banho…! Tive a honra de fazer assessoria de pesquisa pra esta peça, que não tem nenhum erro de épocas, datas nem exagera pra nenhuma das duas artistas. É tudo fiel. Um trabalho comovente que vai ficar na história do musical brasileiro. IMPERDÍVEL!
Os escritores da peça, Julio Fischer e Thereza Falcão, com Rodrigo Faour
Categories
Com textos assinados

Monsueto – MPB/Grandes Autores (Coletânea)

Monsueto – MPB/Grandes Autores (Coletânea, 1973) (Coleção “Essential Classics”) (BMG, 2004)

O cantor, compositor, humorista, pintor e showman Monsueto (1924-1973) marcou a MPB com sambas antológicos. Esta coletânea lançada logo após sua morte revivia seu repertório gravado pelo cast da RCA. Trazia suas pioneiras divulgadoras, Marlene e Linda Batista, e outros que levaram o bastão adiante, como Jorge Veiga e Maria Bethânia. Rodrigo Faour

1. Mora na filosofia – Maria Bethânia
2. Me deixa em paz – Linda Batista
3. Despejo da saudade – Ângela Maria
4. Levou fermento – Linda Batista
5. A fonte secou – Maurílio
6. Fogo na marmita – Marlene
7. No bico da chaleira – Monsueto e As Gatas
8. Não tenho nada com isso – Linda Batista
9. Não se sabe a hora – Dircinha Batista
10. A corneta do samba – Zaccarias e seu conjunto
11. Ai, meu calo – Jorge Veiga
12. O gemido da saudade – Linda Batista

Reedição produzida por Charles Gavin
Texto de contracapa assinado por Rodrigo Faour

Opinião da imprensa

Folha de S. Paulo – Pedro Alexandre Sanches
O Globo – Coluna Sonar / Antonio Carlos Miguel
Categories
Com textos assinados

Jubileu Herivelto – Vários Intérpretes (1957)

Jubileu Herivelto – Vários Intérpretes (1957) (Coleção “Essential Classics”) (BMG, 2004)

O compositor Herivelto Martins (1912-1992) foi um craque que teve seu auge nos anos 40 e 50, seja no samba, no samba-canção, no tango, etc. Em 1957, a RCA lançou este disco comemorativo de seus 25 anos de carreira e conclamou o melhor de seu cast para gravar suas principais canções realizando uma espécie de songbook. Essencial. Rodrigo Faour

1. Caminhemos – Nelson Gonçalves
2. Meu mulato – Marlene
3. Um caboclo abandonado – Orlando Corrêa
4. Edredom vermelho – Dircinha Batista
5. Nossas vidas – Ivon Curi
6. Ave-Maria no morro – Trio de Ouro
7. Capela de São José – Carlos Galhardo
8. A Bahia te espera – Linda Batista
9. Meu rádio e meu mulato
Amélia na Praça Onze – Jacob do Bandolim
10. Cabaré no morro – Marion
11. Bom-dia – Francisco Carlos
12. Praça Onze
Izaura
A Lapa
Que rei sou eu? – Zaccarias e sua Orquestra

Reedição produzida por Charles Gavin
Texto de contracapa assinado por Rodrigo Faour

Opinião da imprensa

Folha de S. Paulo – Pedro Alexandre Sanches
O Globo – Coluna Sonar / Antonio Carlos Miguel