Categories
Discos Inéditos

“Infernynho – Marília Bessy convida Ney Matogrosso”, produzido por Faour, é indicado como melhor álbum pop contemporâneo ao Grammy Latino 2014

O álbum ao vivo “Infernynho – Marília Bessy convida Ney Matogrosso” produzido por mim, fruto do show que tive a honra de dirigir e roterizar a convite da cantora foi indicado ao 15º Grammy Latino na categoria “Melhor Álbum Pop Contemporâneo” a ser realizado dia 20 de novembro em Las Vegas, onde Ney também receberá uma homenagem pelo conjunto de sua obra. O disco e o DVD foram lançados pelo selo do Canal Brasil e traz canções sexy e dançantes, num verdadeiro manifesto contra a caretice e a insuportável onda “cool” que assola parte da MPB atual. Quero agradecer a todos os envolvidos, em especial à Zuêra Produções, a cargo da gravação e produção do áudio, e a Rodolfo Gomes pela edição de imagens do DVD, em cujo making of fiz uma deliciosa entrevista com os dois artistas na boate Erótika, em Copacabana, um autêntico inferninho carioca.

“Infernynho” concorre com os álbuns mais recentes de Ana Carolina, Ivete Sangalo, Jota Quest e Vanessa da Matta.

INFERNYNHO - MARÍLIA BESSY CONVIDA NEY MATOGROSSO (CANAL BRASIL) - PRODUZIDO POR RODRIGO FAOUR

Categories
Discos Inéditos Shows e eventos

CD/DVD INFERNYNHO é lançado com show no Theatro Net-Rio, nesta quarta 30/10

Finalmente chega ao formato CD/DVD pelo selo do Canal Brasil o registro do show Infernynho, em que assinei o roteiro e a  direção. Marília Bessy e Ney Matogrosso juntos num espetáculo só com músicas sexy e dançantes. Uma delícia. Com direito a uma banda roqueira da pesada – incluindo Rike Frainer (bateria), Humberto Barros (teclados), Wlad Pinto (baixo) e Pedro Costa(guitarra). O lançamento oficial será quarta, dia 30 de outubro, no Theatro Net Rio (antigo Tereza Rachel), em Copacabana. E o disco e o DVD já estão à venda!

Ney Matogrosso, Rodrigo Faour e Marília Bessy - CD/DVD Infernynho
Rodrigo Faour, entre Ney Matogrosso e Marília Bessy, mostrando a capa do CD e DVD “Infernynho”
Ney Matogrosso, Rodrigo Faour, Marília Bessy e banda - CD/DVD Infernynho
Os músicos Rike Frainer, Pedro Costa, Humberto Barros, Wlad Pinto (de pé), Ney Matogrosso, Rodrigo Faour e Marília Bessy: CD/DVD “Infernynho”

DVD INFERNYNHO - MARÍLIA BESSY CONVIDA NEY MATOGROSSO

Contracapa DVD Infernynho - Marília Bessy convida Ney Matogrosso (direção e roteiro: Rodrigo Faour)

 

Categories
Shows e eventos

‘Making of’ do show Infernynho, de Marília Bessy e Ney Matogrosso, foi gravado na boate Erótika, em Copacabana

O DVD com o registro do apoteótico show  INFERNYNHO de Marília Bessy e Ney Matogrosso dirigido e roterizado por mim no Teatro Rival em julho – que chegará às lojas no início de 2013 – vai ter um bate-papo conosco contando o processo de criação do espetáculo e muitas histórias curiosas em relação ao imaginário brasileiro sobre o que seja “inferninho”, a loucura dos anos 70 e 80 e  nossas impressões sobre vários compositores incluídos neste repertório. Na coluna de Scarlet Moon, Abalo, do jornal O Globo Zona Sul, saiu este flagrante:

Rodrigo Faour, Marília Bessy e Ney Matogrosso - Making of do show Infernynho
Coluna “Abalo”, de Scarlet Moon, no Globo Zona Sul – 20-09-2012

 

Categories
Shows e eventos

O aclamado show “Infernynho”, de Marília Bessy e Ney Matogrosso, será gravado para virar DVD no próximo dia 27 no Rival, com pista livre

Agora todo mundo vai poder curtir o show, dançando. Vamos afastar as mesinhas do Teatro Rival para que o público possa curtir melhor o som dançante do show Infernynho, de Marília Bessy, que tem como convidado de honra o querido Ney Matogrosso. Será num horário um pouco mais tarde que o habitual, às 21h, da próxima sexta-feira, dia 27 de julho. Vejo vocês lá…

Categories
Shows e eventos

O apoteótico show “Infernynho” que reuniu Ney Matogrosso e Marília Bessy no Rival, sob direção e roteiro de Faour

Amigos, mal posso descrever a emoção de ver no palco um show como Infernynho. Uma novata competente, com talento, voz e presença, Marília Bessy, e o nosso ícone Ney Matogrosso. O repertório era todo feito de músicas dançantes, divertidas e sensuais. E Ney voltou a cantar pérolas de seu repertório que há 30, 35 anos não cantava, como “Amor objeto”, “Açúcar candy”, “Por debaixo dos panos”, “Trepa no coqueiro” e “Folia no matagal”. Fora as que ele nunca havia cantado, como a inédita “Infernynho”, de Eduardo Dussek com Marília Bessy, parceria esta que apadrinhei com muito orgulho, e acabou virando um grande hit do show. Que venham outros!

Matéria de Leonardo Lichote - O Globo - 23/05/2012
Matéria publicada no Gente Boa do jornal O Globo de sábado, dia 26/5/2012