Categories
Coletâneas

O Melhor do Forró – Série "Maxximum"

O Melhor do Forró – Série “Maxximum” (SonyBMG, 2005)

O Brasil é muito grande e quem é do sul pode não saber, mas em grande parte do Nordeste o forró é um gênero fortíssimo o ano inteiro. Neste CD, trazemos o melhor do forró-pé-de-serra, com seus maiores expoentes. Dos pioneiros Luiz Gonzaga, Carmélia Alves e Jackson do Pandeiro a Alceu Valença, Elba Ramalho, Fagner, Amelinha e Dominguinhos, além de outros que aderem ao gênero ocasionalmente, como Gal Costa, Alcione e até mesmo a romântica Carmen Silva, que se saiu muito bem na divertida O amor é um bichinho (“que rói, rói, rói”). Rodrigo Faour

1 Baião (Luiz Gonzaga/ Humberto Teixeira) – Alceu Valença (1994)
2 Só quero um xodó (Dominguinhos/ Anastácia) – Elba Ramalho e Dominguinhos (2005)
3 Pedras que cantam (Dominguinhos/ Fausto Nilo) – Fagner (1991)
4 O canto da ema (Alventino Cavalcante/ Ayres Vianna/ João do Vale) – João do Vale e Jackson do Pandeiro (1981)
5 Gemedeira (Roberto de Recife/ Capinan) – Amelinha (1980)
6 Pagode russo (Luiz Gonzaga/ João Silva) – Luiz Gonzaga (1984)
7 Tum, tum, tum (Cristóvão de Alencar/ Ary Monteiro) – Jackson do Pandeiro (1958)
8 Caldinho de mocotó (Nena/ Lacerda/ Drumont) – Genival Lacerda (1985)
9 Vem morena (Luiz Gonzaga/ Zé Dantas) – Fagner e Luiz Gonzaga (1987)
10 Cantiga do sapo (Buço do Pandeiro/ Jackson do Pandeiro) – Alceu Valença (1998)
11 Cabeça feita (Jackson do Pandeiro/ Sebastião Batista da Silva)/ Tililingo (Almira Castilho)/ Tem pouca diferença (Durval Vieira) – Gal Costa e Luiz Gonzaga (1984)
12 Forrofiar (Luiz Gonzaga/ João Silva) – Alcione e Luiz Gonzaga (1984)
13 Baião do bambolê (Antonio B. Silva/ Almira Castilha) – Jackson do Pandeiro (1959)
14 O amor é um bichinho (Edelson Moura/ Geraldo Nunes) – Carmen Silva (1984)
15 Dançador ruim (João Silva/ Zé Mocó) – Dominguinhos e Luiz Gonzaga (1986)
16 Lorota boa (ao vivo) (Luiz Gonzaga/ Humberto Teixeira) – Luiz Gonzaga & Carmélia Alves (1977)

Pesquisa de repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Flávio Pinheiro e Marcus Fabrício

Categories
Coletâneas

Marinês e sua gente – Série "Maxximum"

Marinês e sua gente (SonyBMG, 2005)

Influência confessa de sua sucessora Elba Ramalho, Marinês foi a Rainha do Xaxado num tempo em que poucas mulheres se aventuravam neste terreno. Ela defendeu o forró bem popular, gravando pérolas ora maliciosas e dançantes ora dolentes e melancólicas em pelo menos 32 álbuns, fora compactos e participações. Para deleite dos fãs, boa parte das faixas deste disco é inédita em CD, que ainda traz, de lambuja, duetos inflamados com Fagner e o mestre Gonzagão. Esta foi a última coletânea-homenagem que a cantora recebeu em vida, pois faleceu em maio de 2007, aos 71 anos. Rodrigo Faour

1. Siriri, sirirá (Onildo Almeida) (1962)
2. Xote melubico (J. B. de Aquino / João do Vale) (1963)
3. Meu benzinho (Onildo Almeida) (1965)
4. Milho novo (João Silva/ Pássaro Triste) (1965)
5. Disparada (Geraldo Vandré/ Theo de Barros) (1966)
6. Procissão (Gilberto Gil) (1967)
7. Viramundo (Gilberto Gil/ Capinan) (1967)
8. Tara-ra-rá (Onildo Almeida) (1968)
9. Qui nem jiló (Luiz Gonzaga/ Humberto Teixeira) (1969)
10. Juazeiro (Luiz Gonzaga/ Humberto Teixeira) (1969)
11. Sem vergonheira (Antônio Carlos/Jocafi) (1971)
12. Bananeira mangará (Janduhy Finizola) (1973)
13. Eu só quero um xodó (Dominguinhos/ Anastácia) (1973)
14. Meu cariri (Rosil Cavalcanti/ Dilú Mello) (1973)
15. Chore e namore (Pedro Paulo/ Othon Russo) (1974)
16. O amor morreu (Dominguinhos/ Anastácia) (1974)
DUETOS
17. Tá virando emprego (Luiz Gonzaga/ João Silva) – com Luiz Gonzaga (1986)
18. Pot-pourri: Olha pro céu (Luiz Gonzaga/ José Fernandes) / São João na roça (Luiz Gonzaga/ Zé Dantas) / Noites brasileiras (Luiz Gonzaga/ Zé Dantas) – com Fagner (1994)

Pesquisa de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação da coleção: Flávio Pinheiro

Folder da Série “Maxximum” (SonyBMG)

Opinião da imprensa

O Globo – João Pimentel

Jornal do Brasil – Tárik de Souza
Categories
Reedições

Luiz Gonzaga & Carmélia Alves – Espetáculo das Seis e Meia (ao vivo)

Luiz Gonzaga & Carmélia Alves – Espetáculo das Seis e Meia (BMG, 2005)
De 14 a 18 de março de 1977, os reis do baião Luiz Gonzaga (1912-1989) e Carmélia Alves (1923-_) realizaram no Teatro João Caetano (RJ) um show antológico que marcou a reabertura do legendário Projeto Seis e Meia. Este inédito encontro da dupla nos palcos resultou num LP de apenas 35 minutos, com 12 músicas. Agora, ele volta ao mercado em sua versão integral, com 25 números. Uma viagem pela alegria, melancolia e brejeirice dos ritmos nordestinos guiada com maestria pelos ícones do gênero. Rodrigo Faour

Em negrito estão as inéditas em CD:

1. Vira e Mexe (instrumental) (Luiz Gonzaga) /
Xamego (Luiz Gonzaga/Miguel Lima) – canta: Luiz Gonzaga
2. Baião (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – canta: Luiz Gonzaga
3. Fulô da maravilha (Luiz Bandeira) – Luiz Gonzaga
4. Asa branca (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) /
A volta da Asa Branca (Luiz Gonzaga/Zé Dantas) –Luiz Gonzaga
5. Reis do baião (Luiz Gonzaga/Luiz Bandeira) – Luiz Gonzaga & Carmélia Alves
6. Trepa no coqueiro (Ary Kerner) – Carmélia Alves
Qui nem jiló (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Carmélia Alves
No Ceará não tem disso não (Guio de Moraes) – Carmélia Alves
7. Baião de dois (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Carmélia Alves
Kalu (Humberto Teixeira) – Carmélia Alves
8. Forró de Mané Vito (Luiz Gonzaga/Zé Dantas) – Luiz Gonzaga & Carmélia Alves
9. Légua tirana (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Luiz Gonzaga
10. Fala de Luiz Gonzaga /
Juazeiro (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Luiz Gonzaga
Pau-de-arara (Luiz Gonzaga/Guio de Moraes) – Luiz Gonzaga
11. Boiadeiro (Klecius Caldas/Armando Cavalcanti)/
Vozes da seca (Luiz Gonzaga/Zé Dantas) – Luiz Gonzaga
12. Lorota boa (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Luiz Gonzaga & Carmélia Alves
13. Sabiá lá na gaiola (Hervê Cordovil/Mário Vieira) /
Cabeça inchada (Hervê Cordovil) – Carmélia Alves
14. Último pau-de-arara (Venâncio/Corumbá) – Carmélia Alves
Maria Joana (Luiz Bandeira) – Carmélia Alves
15. Viola de penedo (Luiz Bandeira) – Carmélia Alves
16. Dezessete e setecentos (Luiz Gonzaga/Miguel Lima) – Luiz Gonzaga & Carmélia Alves

Inclui texto com curiosidades inéditas sobre o show e a carreira dos Reis do Baião

Reedição em CD:
Produção executiva: Adriana Ramos e Rodrigo Faour
Coordenação de produção: Flávio Pinheiro
BMG – 2004 / LP originalmente gravado em 1977 (direção de estúdio de Sérgio Cabral)

Opinião da imprensa

O Dia – Mauro Ferreira

Jornal do Brasil – Tárik de Souza