Categories
Shows e eventos

Festa do II Trofeu Sexo MPB reune vários estilos e gerações em noite antológica

Fátima Guedes, Eliana Pittman, Rodrigo Faour, Márcia Castro e Edy Star
Trenzinho com Fátima Guedes, Eliana Pittman, Rodrigo Faour, Márcia Castro e Edy Star
Alcione, Waleska, Ademilde Fonseca e Eliana Pittman
Encontro de divas: Alcione, Waleska, Ademilde Fonseca e Eliana Pittman
Fernanda Abreu canta um medley de Rita Lee na festa de 2 anos do Sexo MPB
Fernanda Abreu, cantando um medley de Rita Lee

Comemorando dois anos do programa Sexo MPB, na MPB FM carioca, o lançamento do CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” (EMI Music) e a reestreia do programa “História sexual da MPB”, no Canal Brasil, a festa na noite de segunda-feira, dia 20 de setembro, no Centro Cultural Carioca, entrou para a história da música brasileira por reunir alguns dos maiores ícones da MPB de vários estilos e gerações. Na ocasião, entreguei o II Trofeu Sexo MPB aos artistas que contribuíram para a MPB ficar mais sexy e quente. Eis os agraciados e suas categorias pela ordem de apresentação:

Ademilde Fonseca – Veterana sexy

Eliana Pittman – Diva exuberante

Waleska – Diva da Fossa sexy

Fátima Guedes – Mulher Muito intensa reincidente

Márcia Castro – Revelação sexy

Alcione – Loba sexy

Lana Bittencourt – Explosão Passional

Márcio Gomes, Alfredo Del-Penho e Pedro Paulo Malta – Revelação sexy

Angela Ro Ro – Vulcão trepidante

Edy Star – Divo desbundado

Fernanda Abreu – Diva pop samba funk

Toni Garrido – Black is beautiful

João Roberto Kelly – Muso do Bole-bole

Manhoso – Rei do Pornô-forró

Frenéticas – Carnaval-Disco girls

Cláudia – Voz de ouro

Perla – Explosão tropical

Toni Garrido na festa de 2 anos do Sexo MPB, de Rodrigo Faour
Toni Garrido cantando "Samurai", de Djavan
Angela Ro Ro e Rodrigo Faour na festa de 2 anos do Sexo MPB
Angela Ro Ro dá um arroxo em Rodrigo Faour
Rodrigo Faour, Perla, Eliana Pittman e Cláudia na festa de 2 anos do Sexo MPB
Rodrigo Faour, Perla, Eliana Pittman e Cláudia
Lana Bittencourt na festa do II Trofeu Sexo MPB, de Rodrigo Faour, em 2010
Lana Bittencourt: explosão passional
As Frenéticas na festa de 2 anos do Sexo MPB
As Frenéticas - Lidoka, Leiloca, Dhu Moraes e Edyr - recebendo o Trofeu Sexo MPB
Márcio Gomes, Pedro Paulo Malta, Rodrigo Faour e Alfredo Del-Penho na festa de 2 anos do Sexo MPB
Márcio Gomes, Pedro Paulo Malta, Rodrigo Faour e Alfredo Del-Penho: confraternização sexy
Edy Star, Fernanda Abreu, Eliana Pittman e João Roberto Kelly na festa de 2 anos do Sexo MPB
Edy Star, Fernanda Abreu, Eliana Pittman e João Roberto Kelly na "Dança do bole-bole"
Rodrigo Faour entrevista o forrozeiro Manhoso na festa de 2 anos do Sexo MPB
Rodrigo Faour entrevista o forrozeiro Manhoso

Veja no link abaixo a galeria de fotos (de Juliana Torres, do Canal Brasil):

http://picasaweb.google.com.br/rodrigofaour/FESTADOIITROFEUSEXOMPBSET2010#

Fotos do ENSAIO da festa no Estúdio Floresta (RJ)

http://picasaweb.google.com.br/rodrigofaour/EnsaioDaFestaDe2AnosDoSexoMPB#

Matéria da coluna Gente Boa, de Joaquim Ferreira dos Santos

Jornal O Globo

Matéria da coluna Gente Boa sobre a festa de 2 anos do Sexo MPB de Rodrigo Faour
Matéria da coluna Gente Boa sobre a festa de 2 anos do Sexo MPB de Rodrigo Faour
Categories
Coletâneas Discos

CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” compila o melhor da sensualidade e erotismo da nossa música

CD Sexo MPB com Rodrigo Faour (EMI Music)

Desde que lancei o livro “História sexual da MPB”, em outubro de 2006, até hoje, este estudo sobre comportamento & música popular só me deu alegrias. Fui convidado para criar o programa “Sexo MPB”, na MPB FM carioca, em 2008, e no ano seguinte veio o convite do Canal Brasil para levar o mesmo tema à TV. O programa levou o mesmo nome do livro, tendo estreado a primeira temporada em fevereiro deste ano de 2010 e cuja nova temporada vai ao ar em setembro próximo.

 O CD duplo que a EMI Music acaba de lançar tem como mote o programa de rádio, mas, em verdade, tem a ver com as três vertentes. Tudo está entrelaçado. No CD 1 enfoquei “Canções sensuais” e no CD 2 “Músicas safadinhas”. O primeiro é ideal para curtir um clima a dois e o segundo ótimo para animar festas irreverentes.

Deu um trabalhão para conseguir tantas autorizações e inclusive conseguir incluir várias faixas inéditas ou raras em CD, como Amendoim torradinho (Sylvia Telles), Da cor do pecado (Angela Maria), De fogo, luz e paixão (Marcelo e Gal Costa) no CD 1, ou Dança do bole bole (João Roberto Kelly), Pererca da vizinha (Dercy Gonçalves), É mais embaixo (Maria Alcina), no CD 2.  Mas valeu a pena. É um disco com clássicos dos dois gêneros, entrelaçados com pepitas raras. Eis a seleção:

SEXO MPB com Rodrigo Faour

 

CD 1 – “Canções Sensuais”

01. Dois pra lá, dois pra cá (João Bosco/ Aldir Blanc) – Elis Regina (1974)

02. Da cor do pecado (Bororó) – Angela Maria (1955)

03. Do, re, mi / Graças a Deus (Fernando César) – Doris Monteiro (1978)

04. Amendoim torradinho (Henrique Beltrão) – Sylvia Telles (1955)

05. Você (Roberto Menescal/ Ronaldo Bôscoli) – Dick Farney & Claudette Soares (1974)

06. Medo de amar Nº 2 (Sueli Costa/ Tite de Lemos) – Simone (1978)

07. Tanto que aprendi de amor (Fátima Guedes) – Fátima Guedes (1980)

08. O meu amor (Chico Buarque) – Maria Bethânia e Alcione (1978)

09. Emoções (Wando) – Wando (1978)

10. De fogo, luz e paixão (Marcelo/ Ney Costa Santos) – Marcelo e Gal Costa (1978)

11. Avassaladora (Gonzaguinha)Gonzaguinha (1990)

12. Outono (Djavan) – Ângela Ro Ro e Antonio Adolfo (1997)

13. Não estou bem certa (Sign your name) (Terence Trent D’Arby/ versão: Pedro Pimentel/ Marina Lima) – Marina Lima (1991)

14. Por que a gente é assim? (Frejat/ Cazuza/ Ezequiel Neves) – Ney Matogrosso (2008)

 

CD 2 – Músicas safadinhas

01. Dança do bole-bole (João Roberto Kelly) – João Roberto Kelly (1977)

02. Não bota no meu (Beto Scala/ São Beto/ Humberto Silva) – Jair Rodrigues (1985)

03. Sanduíche de artista (Cláudio Fontana) – Os Originais do Samba (1985)

04. Radinho de pilha (Namd/ Graça Góis) – Genival Lacerda (1979)

05. Eu sou cômico (João Caetano/ Zenilton) – Zenilton (1986)

06. Só gosto de tudo grande (Adolpho de Carvalho / Adélio da Silva) – Marinês (1980)

07. É mais embaixo (D. P. – Pastoril do Facêta) – Maria Alcina (1979)

08. O tico-tico (João Caetano/ Manhoso) – Sandro Becker (1988)

09. Fofinha e charmosa (Jean de Carvalho/ Pepe Ávila) – Marion (1988)

10. A roda (Sarajane/ Robson de Jesus/ Alfredo Moura) – Sarajane (1987)

11. Melô do piripipi (Je suis la femme) (Mister Sam) – Gretchen (1981)

12. O modo de usar (Só capim canela) (Manoel do Gramacho/ Paulinho do Tietê/ Toninho Cinquenta) – Manhoso (1983)

13. A Perereca da vizinha (Jonatan/ Dercy Gonçalves) – Dercy Gonçalves (1964)

14. Eu também quero mocotó (Jorge Ben) – Chacrinha (1970)

BONUS TRACKS – Trecho do programa de rádio “Sexo MPB”. (Músicas pioneiras de duplo sentido, apresentadas por mim)

15. Locução de Faour

16. Rua Pau Ferro (Domínio público) – Bahiano (1910)

17. Locução de Faour II

18. A boceta de rapé (Domínio público) – Mário Pinheiro (1906)

19. Encerramento

 

Repercussão do CD “Sexo MPB” na imprensa:

Jornais

Sinais de vida no planeta Pilots.  –  O Estado de S. Paulo – São Paulo /SP – 26/6/2010 – Pag. D6 – Digitação: 28/6/2010

Sexo.  –  Diário de S.Paulo – São Paulo /SP – 18/6/2010 – Pág. 15

Os antepassados dos proibidões.  –  Jornal do Brasil – Rio de Janeiro /RJ – 22/6/2010 – Pág. B3

Hits calientes.  –  Agora – São Paulo /SP – 29/6/2010 – Pág. D-11

Sexo MPB.  –  A Crítica – Manaus /AM – 30/6/2010 – Pág. BV4

A sensualidade da música popular brasileira em CD.  –  O Tempo – Belo Horizonte /MG – 5/7/2010 – Pág. 05

 Sites

Sexo MPB no Yahoo – http://br.noticias.yahoo.com/s/05072010/11/entretenimento-musica-cantada-literalmente.html

Sexo MPB no Ziriguidum – http://www2.uol.com.br/ziriguidum/1006/100621-01.htm

Sexo MPB no Blog Notas Musicais – http://blogdomauroferreira.blogspot.com/2010/07/coletanea-mostra-abordagem-do-sexo-na.html

Sexo MPB na Saraiva Conteúdo – http://www.saraivaconteudo.com.br/Blog.aspx?id=1316

Sexo MPB no Povo Online – http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/vida-e-arte/2010/06/30/internaimpressavidaearte,2015310/sintonia.shtml

Categories
Rádio

Festa antológica de entrega do I Trofeu Sexo MPB

Perla, Rodrigo Faour e Vanusa
Perla, Rodrigo Faour e Vanusa: encontro delicioso
Lana Bittencourt, Ademilde Fonseca e Rodrigo Faour
Ademilde Fonseca exibe o Troféu Sexo MPB, com Lana Bittencourt e Faour
Rodrigo Faour premia Toni Garrido
Faour premia Toni Garrido
Faour entre Lidoka, Leiloca, Dhu e Sandra Pêra: as desbundadas Frenéticas
Faour no meio das desbundadas Frenéticas: Lidoka, Leiloca, Dhu e Sandra Pêra

Na última quarta-feira, dia 10 de junho, reuni no Centro Cultural Carioca alguns dos melhores artistas da música brasileira (vide fotos de Cristina Lacerda). Foi, sem dúvida, a noite mais emocionante da minha vida. Comemorando 1 ano do meu programa SEXO MPB na MPB FM,  inventei um talk-show com direito a canjas de intérprtes de vários estilos e gerações, e para coroar ainda mais a noite, tirei da cartola o “Troféu Sexo MPB” que concedi “a todos os que contribuíram para a MPB ficar mais sexy e quente”. Em verdade, foi uma boa desculpa para se ouvir artistas de verdade, gente que canta ou compõe com emoção verdadeira – quebrando barreiras etárias e do que seria supostamente brega ou chique. Hoje em dia há poucos eventos desta natureza, cada tribo fica na sua toca e eu acho isso muito limitador. Por isso, me encheu de felicidade trazer ao palco as veteranas Ademilde Fonseca (88 anos) e Lana Bittencourt (77), num mesmo evento onde todos puderam conferir novos talentos da maior qualidade, como a cantora baiana Márcia Castro que se apresentou com o multi-instrumentista Donatinho, além da cantriz Gottsha, do vozeirão do carioca Márcio Gomes e do balanço do pernambucano André Rio (do famoso bloco Galo da Madrugada). Além disso, recebi as eternas divas exuberantes Perla (paraguaia, há 39 anos no Brasil) e Vanusa, as classudas Fátima Guedes e Marina Lima, os irreverentes Eduardo Dussek e Fausto Fawcett, o grande astro da sensualidade negra Toni Garrido, além de quatro deliciosas Frenéticas originais (Lidoka, Leiloca, Dhu Moraes e Sandra Pêra) e o ícone-mor da sensualidade na música brasileira: Ney Matogrosso.  Haja coração, né gente?

Confira as divertidas categorias do Troféu Sexo MPB: 

  • Ademilde Fonseca – categoria: “Veterana sapeca – Rainha Sexy do Choro”
  • Lana Bittencourt – categoria: “Super Diva passional”
  • Fátima Guedes – categoria: “Mulher Muito intensa”
  • Marina Lima – categoria: “Musa sexy atemporal”
  • Eduardo Dussek – categoria: “Índio louro com pinta de negão”
  • Fausto Fawcett – categoria: “Muso das louras
  • Toni Garrido – categoria – “Negão – homem-fetiche da MPB”
  • Vanusa – categoria: “Diva Loura Sperstar”
  • André Rio – categoria: “Como era grande o Galo da Madrugada”
  • Frenéticas – categoria: “Divas Abusadas do Desbunde”
  • Perla – categoria: “Diva Latina Bombshell”
  • Ney Matogrosso – categoria: “Hors concours” (“Muso dos musos”)

André Rio, Fátima Guedes, Ney Matogrosso e Rodrigo Faour
André Rio, Fátima Guedes, Ney Matogrosso e Rodrigo Faour na Festa de 1 ano do Sexo MPB
Rodrigo Faour entrevista Marina Lima
Rodrigo Faour entrevista Marina Lima
Ney Matogrosso canta com Marina Lima
Ney Matogrosso canta com Marina Lima
Faour entre parte do elenco da Festa de 1 ano do Programa Sexo MPB
Faour entre parte do elenco da Festa de 1 ano do Programa Sexo MPB
Matéria de Leonardo Lichote - Jornal O Globo - 12/06/2009
Matéria de Leonardo Lichote - Jornal O Globo - 12/06/2009
Coluna de Anna Ramalho - Jornal do Brasil - 12/06/2009
Coluna de Anna Ramalho - Jornal do Brasil - 12/06/2009

Veja todas as fotos da festa aqui.

Veja também a matéria de Christina Fuscaldo. Não concordo que tenha sido uma noite com tantas “bobagens”, como ela diz no título, mas é uma matéria simpática, que explica por alto o que rolou na noite.  Ah! E a primeira grande emoção da noite foi Lana Bittencourt cantando “Sangrando”. Que fique aqui registrado!

Houve também cobertura do site O Fuxico.

Categories
Coletâneas

Simone – The Essential

Simone – série “The Essential” (EMI Music, 2003)

Uma de nossas cantoras mais interessantes, Simone teve seu período áureo gravado na Odeon (hoje EMI Music) entre 1973 – sua estréia – e 1980. Intérprete versátil, ainda que mais consagrada por seu lado romântico, ela cantou muito bem os anseios da alma feminina num momento de transformações de costumes no Brasil dos anos 70 e 80 (Bodas de prata, Face a face, Maria, Maria, Mulher e daí, Começar de novo), emprestou sua voz a canções de protesto (A sede do peixe), de cunho regional (as raras Cantos de Maculelê e Sambas de roda da Bahia) e esbanjou sensualidade (O que será – à flor da pele, Tô voltando). Esta compilação, além de agregar todos esses lados desta intérprete de voz forte, a flagra em belos duetos com Milton Nascimento (Gota d’água), Fátima Guedes (Eu) e a veterana Ângela Maria (Estrela da canção) – esta última, num encontro antológico. Rodrigo Faour

1. Cantos de maculelê
2. O que será (À flor da pele)
3. Face a face
4. Maria, Maria /
Cigarra (ao vivo)
5. Sambas de roda da Bahia
6. Coqueiro de Itapoã /
João Valentão (ao vivo)
7. Bodas de prata
8. Começar de novo
9. Mulher, e daí? (Apenas mulher)
10. Revelação (ao vivo)
11. A sede do peixe (Para o que não tem solução)
12. Tô voltando
13. Canoa, canoa
14. Mar e lua
BONUS TRACKS
15. Gota d’água – com Milton Nascimento
16. Eu – com Fátima Guedes
17. Estrela da canção – com Ângela Maria

Seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação do projeto: Luiz Garcia e Maurício Dias
Assistente: Alexandre Sarthou

Opinão da imprensa

O Dia – Mauro Ferreira