Categories
Discos Reedições

Trinta anos depois de nos deixar, Elis Regina ganha duas caixas de 12 CDs com direito a faixa inédita garimpada por Faour

Elis Regina nos anos 60 e Elis Regina nos anos 70. Assim, batizei as caixas que a Universal Music está lançando com todos os seus discos de carreira entre 1965 e 1979 gravados na antiga Philips/Phonogram, mais 58 faixas avulsas distribuídas nos CDs Pérolas Raras (reedição do CD que produzi em 2006) e os inéditos Esse mundo é meu (1965-1968) e o duplo No céu da vibração (1968-1981), que incluí um ensaio da canção Águas de março, com Tom Jobim, e a inédita Comigo é assim, samba-choro do repertório d’Os Cariocas e Ademilde Fonseca, sobra do LP Elis, como e porque, que descobri no baú da gravadora.

Além de novas remasterizações, de todas as capas, contracapas e encartes originais, todas as letras revisadas de seus álbuns de carreira e estas 4 bolachinhas de faixas avulsas, raras e inéditas, cada caixa traz um libreto com depoimentos exclusivos de produtores, compositores, músicos etc que trabalharam com a Pimentinha, nos ajudando a entender melhor porque 30 anos depois de sua morte ela ainda é a maior referência de voz feminina da MPB moderna. Quero agradecer à gerente de projetos da Universal, Alice Soares, por ter me convidado para participar junto com ela da coordenação deste relançamento histórico, bem como os amigos Leandro Arraes (que fez as adaptações dos discos), Gê Alves Pinto e sua equipe (que criaram o projeto gráfico das caixas e dos dois novos CDs de raridades) e Tiago Luiz, grande amigo de Brasília, que me ajudou a supervisionar tudo.

 

Caixas "Elis Regina nos anos 60" e "Elis Regina nos Anos 70" coordenadas por Rodrigo Faour

Repercussão na Imprensa:

http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,box-com-24-cds-de-elis-regina-chega-ao-mercado,834132,0.htm

 

 

Categories
Coletâneas Discos

CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” compila o melhor da sensualidade e erotismo da nossa música

CD Sexo MPB com Rodrigo Faour (EMI Music)

Desde que lancei o livro “História sexual da MPB”, em outubro de 2006, até hoje, este estudo sobre comportamento & música popular só me deu alegrias. Fui convidado para criar o programa “Sexo MPB”, na MPB FM carioca, em 2008, e no ano seguinte veio o convite do Canal Brasil para levar o mesmo tema à TV. O programa levou o mesmo nome do livro, tendo estreado a primeira temporada em fevereiro deste ano de 2010 e cuja nova temporada vai ao ar em setembro próximo.

 O CD duplo que a EMI Music acaba de lançar tem como mote o programa de rádio, mas, em verdade, tem a ver com as três vertentes. Tudo está entrelaçado. No CD 1 enfoquei “Canções sensuais” e no CD 2 “Músicas safadinhas”. O primeiro é ideal para curtir um clima a dois e o segundo ótimo para animar festas irreverentes.

Deu um trabalhão para conseguir tantas autorizações e inclusive conseguir incluir várias faixas inéditas ou raras em CD, como Amendoim torradinho (Sylvia Telles), Da cor do pecado (Angela Maria), De fogo, luz e paixão (Marcelo e Gal Costa) no CD 1, ou Dança do bole bole (João Roberto Kelly), Pererca da vizinha (Dercy Gonçalves), É mais embaixo (Maria Alcina), no CD 2.  Mas valeu a pena. É um disco com clássicos dos dois gêneros, entrelaçados com pepitas raras. Eis a seleção:

SEXO MPB com Rodrigo Faour

 

CD 1 – “Canções Sensuais”

01. Dois pra lá, dois pra cá (João Bosco/ Aldir Blanc) – Elis Regina (1974)

02. Da cor do pecado (Bororó) – Angela Maria (1955)

03. Do, re, mi / Graças a Deus (Fernando César) – Doris Monteiro (1978)

04. Amendoim torradinho (Henrique Beltrão) – Sylvia Telles (1955)

05. Você (Roberto Menescal/ Ronaldo Bôscoli) – Dick Farney & Claudette Soares (1974)

06. Medo de amar Nº 2 (Sueli Costa/ Tite de Lemos) – Simone (1978)

07. Tanto que aprendi de amor (Fátima Guedes) – Fátima Guedes (1980)

08. O meu amor (Chico Buarque) – Maria Bethânia e Alcione (1978)

09. Emoções (Wando) – Wando (1978)

10. De fogo, luz e paixão (Marcelo/ Ney Costa Santos) – Marcelo e Gal Costa (1978)

11. Avassaladora (Gonzaguinha)Gonzaguinha (1990)

12. Outono (Djavan) – Ângela Ro Ro e Antonio Adolfo (1997)

13. Não estou bem certa (Sign your name) (Terence Trent D’Arby/ versão: Pedro Pimentel/ Marina Lima) – Marina Lima (1991)

14. Por que a gente é assim? (Frejat/ Cazuza/ Ezequiel Neves) – Ney Matogrosso (2008)

 

CD 2 – Músicas safadinhas

01. Dança do bole-bole (João Roberto Kelly) – João Roberto Kelly (1977)

02. Não bota no meu (Beto Scala/ São Beto/ Humberto Silva) – Jair Rodrigues (1985)

03. Sanduíche de artista (Cláudio Fontana) – Os Originais do Samba (1985)

04. Radinho de pilha (Namd/ Graça Góis) – Genival Lacerda (1979)

05. Eu sou cômico (João Caetano/ Zenilton) – Zenilton (1986)

06. Só gosto de tudo grande (Adolpho de Carvalho / Adélio da Silva) – Marinês (1980)

07. É mais embaixo (D. P. – Pastoril do Facêta) – Maria Alcina (1979)

08. O tico-tico (João Caetano/ Manhoso) – Sandro Becker (1988)

09. Fofinha e charmosa (Jean de Carvalho/ Pepe Ávila) – Marion (1988)

10. A roda (Sarajane/ Robson de Jesus/ Alfredo Moura) – Sarajane (1987)

11. Melô do piripipi (Je suis la femme) (Mister Sam) – Gretchen (1981)

12. O modo de usar (Só capim canela) (Manoel do Gramacho/ Paulinho do Tietê/ Toninho Cinquenta) – Manhoso (1983)

13. A Perereca da vizinha (Jonatan/ Dercy Gonçalves) – Dercy Gonçalves (1964)

14. Eu também quero mocotó (Jorge Ben) – Chacrinha (1970)

BONUS TRACKS – Trecho do programa de rádio “Sexo MPB”. (Músicas pioneiras de duplo sentido, apresentadas por mim)

15. Locução de Faour

16. Rua Pau Ferro (Domínio público) – Bahiano (1910)

17. Locução de Faour II

18. A boceta de rapé (Domínio público) – Mário Pinheiro (1906)

19. Encerramento

 

Repercussão do CD “Sexo MPB” na imprensa:

Jornais

Sinais de vida no planeta Pilots.  –  O Estado de S. Paulo – São Paulo /SP – 26/6/2010 – Pag. D6 – Digitação: 28/6/2010

Sexo.  –  Diário de S.Paulo – São Paulo /SP – 18/6/2010 – Pág. 15

Os antepassados dos proibidões.  –  Jornal do Brasil – Rio de Janeiro /RJ – 22/6/2010 – Pág. B3

Hits calientes.  –  Agora – São Paulo /SP – 29/6/2010 – Pág. D-11

Sexo MPB.  –  A Crítica – Manaus /AM – 30/6/2010 – Pág. BV4

A sensualidade da música popular brasileira em CD.  –  O Tempo – Belo Horizonte /MG – 5/7/2010 – Pág. 05

 Sites

Sexo MPB no Yahoo – http://br.noticias.yahoo.com/s/05072010/11/entretenimento-musica-cantada-literalmente.html

Sexo MPB no Ziriguidum – http://www2.uol.com.br/ziriguidum/1006/100621-01.htm

Sexo MPB no Blog Notas Musicais – http://blogdomauroferreira.blogspot.com/2010/07/coletanea-mostra-abordagem-do-sexo-na.html

Sexo MPB na Saraiva Conteúdo – http://www.saraivaconteudo.com.br/Blog.aspx?id=1316

Sexo MPB no Povo Online – http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/vida-e-arte/2010/06/30/internaimpressavidaearte,2015310/sintonia.shtml

Categories
Coletâneas

Cartola bate outra vez – Vol. 2

Cartola bate outra vez – Vol. 2 – Vários intérpretes (Som Livre, 2008)

Em 1988, foi produzido o álbum Cartola, bate outra vez, onde diversos grandes nomes da MPB regravaram 12 das mais famosas canções de sua obra. O disco foi um sucesso e nunca parou de vender. Eis que 20 anos depois temos este segundo volume com mais 14 sambas para homenagear seu centenário, compilando registros históricos que vão dos anos 70 aos dias atuais. Rodrigo Faour

1. Alvorada – Maria Bethânia e Hermínio Bello de Carvalho
2. Divina dama – Chico Buarque
3. Basta de clamares inocência – Elis Regina
4. Festa da vinda – Cauby Peixoto e Zeca Pagodinho
5. Não quero mais a mar a ninguém/ Peito vazio/ Acontece – Emílio Santiago
6. O inverno do meu tempo – Elizeth Cardoso
7. Sim – Nelson Gonçalves
8. Tempos idos (ao vivo) – Paulinho da Viola e Toquinho (violão)
9. Qual foi o mal que eu te fiz? – Dona Inah
10. Ensaboa – Ney Matogrosso
11. Labaredas – Joanna
12. Eu sei – Alcione e Cartola
13. Que sejam bem-vindos – Beth Carvaho
14. Que seja bem feliz – Clara Nunes

Seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour

Categories
Coletâneas

Como nossos pais

Como nossos pais – Vários intérpretes (Som Livre, 2008)

Este CD mostra as relações de pai & filho/filha vistas pela lente da MPB de várias fases e vertentes. Pelo viés do respeito ou do humor, nas mais diversas situações – das mais corriqueiras às saias mais justas (ou seriam calças?). Temos aqui os conselhos paternos, a admiração por seus ensinamentos, a superproteção, as broncas mútuas, a saudade do pai que se foi, o encanto do pai com os filhos pequenos e o mesmo atrapalhado em cuidar deles sozinho… Enfim, uma bela história contada em forma de disco. Rodrigo Faour

1. Coisinha do pai (Jorge Aragão/ Almir Guineto/ Luiz Carlos) – Beth Carvalho – do LP “No pagode” (RCA Victor, 1979)
2. Papai vadiou (Rode do Jacarezinho/ Gaspar do Jacarezinho) – Leci Brandão – do LP “Leci Brandão” (Copacabana, 1985)
3. O mundo é um moinho (Cartola) – Cazuza – do LP “Cartola bate outra vez” (Som Livre, 1988)
4. Como nossos pais (Belchior) – Elis Regina – do LP “Falso brilhante” (Philips, 1976)
5. Avôhai (Avô e pai) (Zé Ramalho) – Zé Ramalho – do LP “Zé Ramalho” (Epic/CBS, 1978)
6. Papai me empresta o carro (Roberto de Carvalho/ Rita Lee) – Rita Lee – do LP “Rita Lee” (Som Livre, 1979)
7. Já fui (Marina Lima/ Antonio Cícero) – Marina Lima – do LP “Todas” (PolyGram, 1985)
8. Pai (Fábio Jr.) – Fábio Jr. – do LP “Fábio Jr.” (Som Livre, 1979)
9. Naquela mesa (Sérgio Bittencourt) – Nelson Gonçalves – do LP “Passado e presente” (RCA Victor, 1974)
10. 14 anos (Paulinho da Viola) – Paulinho da Viola – do LP Élton Medeiros e Paulinho da Viola “Samba na madrugada” (RGE, 1966)
11. Espelho (João Nogueira/ Paulo César Pinheiro) – João Nogueira – do LP “Espelho” (EMI-Odeon, 1977)
12. De pai pra filha (Martinho da Vila) – Martinho da Vila – do LP “Verso… Reverso” (RCA Victor, 1982)
13. Herança de meu pai (Benício Guimarães) – Jackson do Pandeiro – do LP “Isso é que é forró” (Polyfar/Philips, 1981)
14. Papai sabe-tudo (Leo Jaime/ Leandro) – Erasmo Carlos – do LP do especial infantil “Plunct, Plact, Zuuum 2” (Som Livre, 1984)

Idealização, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour

Categories
Reedições

Elis Regina – Os Primeiros anos [Viva a brotolândia (1961) / Poema do amor (1962)]




Elis Regina – Caixa “Os Primeiros Anos” (Som Livre/Globo Warner, 2006)

Esta caixinha traz a reedição em CD dos dois primeiros LPs da cantora Elis Regina (1945-1982) – Viva a brotolândia (1961) e Poema de amor (1962), quando ela ainda cantava roquinhos, calypsos, sambalanços e canções infanto-juvenis em geral entre os 15 e 17 anos, mas já com a dicção, a divisão rítmica e a voz que a celebrizou a partir de 1964/65, quando começou a entoar e a fazer sucesso estrondoso cantando o melhor da MPB de seu tempo. Ver: verbetes dos discos em separado. Rodrigo Faour


Elis – Os Primeiros Anos (Caixa com 2 CDs)

Viva a brotolândia (1961)
1. Dá sorte
2. Sonhando (Dreamin’)
3. Murmúrio
4. Tu serás
5. Samba feito pra mim
6. Fala-me de amor (Take me in your arms)
7. Baby face
8. Dor de cotovelo
9. Garoto último tipo (Puppy love)
10. As coisas que eu gosto (My favorite things)
11. Mesmo de mentira
12. Amor, amor (Love, love)

Poema de amor (1962)
1. Poema
2. Pororó-popó
3. Dá-me um beijo (kiss me, kiss me)
4. Nos teus lábios
5. Vou comprar um coração
6. Meu pequeno mundo de ilusão (My little córner of the world)
7. As secretárias (Las secretarias)
8. Saudade é recordar
9. Pizzicati pizzicato
10. Canção de enganar despedida
11. Confissão
12. Podes voltar

Projeto idealizado por Rodrigo Faour
Diretor de marketing estratégico: Marcelo Maia
Gerente de marketing estratégico: Gian Ucello

Opinião da imprensa

O Globo – Antonio Carlos Miguel