Categories
Coletâneas Discos

CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” compila o melhor da sensualidade e erotismo da nossa música

CD Sexo MPB com Rodrigo Faour (EMI Music)

Desde que lancei o livro “História sexual da MPB”, em outubro de 2006, até hoje, este estudo sobre comportamento & música popular só me deu alegrias. Fui convidado para criar o programa “Sexo MPB”, na MPB FM carioca, em 2008, e no ano seguinte veio o convite do Canal Brasil para levar o mesmo tema à TV. O programa levou o mesmo nome do livro, tendo estreado a primeira temporada em fevereiro deste ano de 2010 e cuja nova temporada vai ao ar em setembro próximo.

 O CD duplo que a EMI Music acaba de lançar tem como mote o programa de rádio, mas, em verdade, tem a ver com as três vertentes. Tudo está entrelaçado. No CD 1 enfoquei “Canções sensuais” e no CD 2 “Músicas safadinhas”. O primeiro é ideal para curtir um clima a dois e o segundo ótimo para animar festas irreverentes.

Deu um trabalhão para conseguir tantas autorizações e inclusive conseguir incluir várias faixas inéditas ou raras em CD, como Amendoim torradinho (Sylvia Telles), Da cor do pecado (Angela Maria), De fogo, luz e paixão (Marcelo e Gal Costa) no CD 1, ou Dança do bole bole (João Roberto Kelly), Pererca da vizinha (Dercy Gonçalves), É mais embaixo (Maria Alcina), no CD 2.  Mas valeu a pena. É um disco com clássicos dos dois gêneros, entrelaçados com pepitas raras. Eis a seleção:

SEXO MPB com Rodrigo Faour

 

CD 1 – “Canções Sensuais”

01. Dois pra lá, dois pra cá (João Bosco/ Aldir Blanc) – Elis Regina (1974)

02. Da cor do pecado (Bororó) – Angela Maria (1955)

03. Do, re, mi / Graças a Deus (Fernando César) – Doris Monteiro (1978)

04. Amendoim torradinho (Henrique Beltrão) – Sylvia Telles (1955)

05. Você (Roberto Menescal/ Ronaldo Bôscoli) – Dick Farney & Claudette Soares (1974)

06. Medo de amar Nº 2 (Sueli Costa/ Tite de Lemos) – Simone (1978)

07. Tanto que aprendi de amor (Fátima Guedes) – Fátima Guedes (1980)

08. O meu amor (Chico Buarque) – Maria Bethânia e Alcione (1978)

09. Emoções (Wando) – Wando (1978)

10. De fogo, luz e paixão (Marcelo/ Ney Costa Santos) – Marcelo e Gal Costa (1978)

11. Avassaladora (Gonzaguinha)Gonzaguinha (1990)

12. Outono (Djavan) – Ângela Ro Ro e Antonio Adolfo (1997)

13. Não estou bem certa (Sign your name) (Terence Trent D’Arby/ versão: Pedro Pimentel/ Marina Lima) – Marina Lima (1991)

14. Por que a gente é assim? (Frejat/ Cazuza/ Ezequiel Neves) – Ney Matogrosso (2008)

 

CD 2 – Músicas safadinhas

01. Dança do bole-bole (João Roberto Kelly) – João Roberto Kelly (1977)

02. Não bota no meu (Beto Scala/ São Beto/ Humberto Silva) – Jair Rodrigues (1985)

03. Sanduíche de artista (Cláudio Fontana) – Os Originais do Samba (1985)

04. Radinho de pilha (Namd/ Graça Góis) – Genival Lacerda (1979)

05. Eu sou cômico (João Caetano/ Zenilton) – Zenilton (1986)

06. Só gosto de tudo grande (Adolpho de Carvalho / Adélio da Silva) – Marinês (1980)

07. É mais embaixo (D. P. – Pastoril do Facêta) – Maria Alcina (1979)

08. O tico-tico (João Caetano/ Manhoso) – Sandro Becker (1988)

09. Fofinha e charmosa (Jean de Carvalho/ Pepe Ávila) – Marion (1988)

10. A roda (Sarajane/ Robson de Jesus/ Alfredo Moura) – Sarajane (1987)

11. Melô do piripipi (Je suis la femme) (Mister Sam) – Gretchen (1981)

12. O modo de usar (Só capim canela) (Manoel do Gramacho/ Paulinho do Tietê/ Toninho Cinquenta) – Manhoso (1983)

13. A Perereca da vizinha (Jonatan/ Dercy Gonçalves) – Dercy Gonçalves (1964)

14. Eu também quero mocotó (Jorge Ben) – Chacrinha (1970)

BONUS TRACKS – Trecho do programa de rádio “Sexo MPB”. (Músicas pioneiras de duplo sentido, apresentadas por mim)

15. Locução de Faour

16. Rua Pau Ferro (Domínio público) – Bahiano (1910)

17. Locução de Faour II

18. A boceta de rapé (Domínio público) – Mário Pinheiro (1906)

19. Encerramento

 

Repercussão do CD “Sexo MPB” na imprensa:

Jornais

Sinais de vida no planeta Pilots.  –  O Estado de S. Paulo – São Paulo /SP – 26/6/2010 – Pag. D6 – Digitação: 28/6/2010

Sexo.  –  Diário de S.Paulo – São Paulo /SP – 18/6/2010 – Pág. 15

Os antepassados dos proibidões.  –  Jornal do Brasil – Rio de Janeiro /RJ – 22/6/2010 – Pág. B3

Hits calientes.  –  Agora – São Paulo /SP – 29/6/2010 – Pág. D-11

Sexo MPB.  –  A Crítica – Manaus /AM – 30/6/2010 – Pág. BV4

A sensualidade da música popular brasileira em CD.  –  O Tempo – Belo Horizonte /MG – 5/7/2010 – Pág. 05

 Sites

Sexo MPB no Yahoo – http://br.noticias.yahoo.com/s/05072010/11/entretenimento-musica-cantada-literalmente.html

Sexo MPB no Ziriguidum – http://www2.uol.com.br/ziriguidum/1006/100621-01.htm

Sexo MPB no Blog Notas Musicais – http://blogdomauroferreira.blogspot.com/2010/07/coletanea-mostra-abordagem-do-sexo-na.html

Sexo MPB na Saraiva Conteúdo – http://www.saraivaconteudo.com.br/Blog.aspx?id=1316

Sexo MPB no Povo Online – http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/vida-e-arte/2010/06/30/internaimpressavidaearte,2015310/sintonia.shtml

Categories
Coletâneas

Dick Farney – Série "Grandes Vozes"

Dick Farney – Série “Grandes vozes” (Som Livre, 2007)

Não há como resistir ao canto macio e ao piano de Dick Farney (1921-1987). Ele faz carinho em nossos ouvidos, com sua musicalidade infinita expressada em forma de sambas-canções, toadas e foxes deliciosos – todos cantados à maneira dos americanos, mas com seu charme bem brasileiro e sua dicção irrepreensível. Em sua fase RGE, no início dos anos 60, o cantor regravou vários de seus sucessos dos anos 40 e 50 com melhor tecnologia e nos brindou também com alguns standards norteamericanos. Sendo assim, Copacabana, Uma Loura, Alguém como Tu, Somos Dois, A Saudade Mata a Gente, Perdido de Amor, entre outras delícias dos anos dourados do Brasil, convivem com outras americanas do mesmíssimo quilate, tais como The Song Is You, Just One of Those Things e The Lady Is a Tramp. Pérolas menos conhecidas (mas não menos bonitas) completam este CD, como Ninguém na rua, Sem este céu e Ser ou não ser. Rodrigo Faour

1 Copacabana (João de Barro/ Alberto Ribeiro) (1962)
2 Alguém como tu (José Maria de Abreu/ Jair Amorim) (1962)
3 The song is you (Jerome Kern/ Hammerstein) (1961)
4 Somos dois (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti/ Luiz Antônio) (1961)
5 Uma loira (Hervé Cordovil) (1961)
6 A saudade mata a gente (João de Barro/ Antonio Almeida) (1962)
7 Ser ou não ser (José Maria de Abreu/ Alberto Ribeiro) (1963)
8 Ponto final (José Maria de Abreu/ Jair Amorim) (1962)
9 Just one of those things (Cole Porter) (1961)
10 Este seu olhar (Tom Jobim) (1961)
11 Barqueiro de São Francisco (Alcyr Pires Vermelho/ Alberto Ribeiro) (1962)
12 Tereza da Praia (Tom Jobim/ Billy Blanco) – com Ruy Fernando (1963)
13 Sem este céu (Luiz Bonfá) (1961)
14 Ninguém na rua (Luiz Bonfá) (1963)
15 The lady is a tramp (Lorenz Hart/ Richard Rodgers) (1961)
16 Perdido de amor (Luiz Bonfá) (1961)

Projeto idealizado por Rodrigo Faour
Coordenação do projeto: Marcus Vinicius Castro

Opinião da imprensa

O Globo – Leonardo Lichote

Jornal do Commercio – Márcia Erthal

Correio Braziliense – Teresa Albuquerque

Revista Veja Rio – Nota da festa de lançamento da coleção “Grandes Vozes”

Jornal do Brasil – Coluna “Gente” – Heloisa Tolipan

Jornal Agora (SP) – Kátia Nogueira de Mello

Folha de S. Paulo – Luiz Fernando Vianna

O Dia (RJ) – Nota

A Folha de Pernambuco – Pedro Ferrer

A Gazeta de Alagoas – Leonardo Lichote (O Globo)
Jornal do Commercio (Recife) – José Teles
Diário de Pernambuco – Renato L

Jornal Extra (RJ) – Cristina Fuscaldo

Correio da Bahia – Hagamenon Brito

Jornal do Brasil – Álvaro Costa e Silva

Diário de São Paulo – Fábio Saraiva