Categories
Coletâneas Discos

Herivelto Martins ganha homenagem em forma de CD duplo em seu centenário

Depois de homenagear com CDs duplos os centenários de Assis Valente e Nelson Cavaquinho no ano passado, agora é a vez de Herivelto Martins, compositor excepcional que ajudou a fixar o sucesso do samba-canção no Brasil dos anos 40 e 50, além de belos sambas carnavalescos e uma série inspirada de tangos.

Herivelto Martins 100 anos – Faça de conta que o tempo passou (EMI Music) traz alguns de seus intérpretes originais mais marcantes como Dalva de Oliveira, Francisco Alves, Nelson Gonçalves, Linda Batista, Angela Maria, Aracy de Almeida, Miltinho, Silvio Caldas, 4 Ases e 1 Coringa, Trio Irakitan, Isaurinha Garcia, Roberto Silva, Os Cinco Crioulos, Trio de Ouro (do qual Herivelto fez parte como cantor) e outros mais contemporâneos, como Alcione, Maria Bethânia, Nara Leão, Elza Soares, Waleska além do jovem Márcio Gomes. Um deleite para os ouvidos.

Capa do CD HERIVELTO 100 ANOS - Faça de conta que o tempo passou, produzido por Rodrigo Faour

HERIVELTO 100 ANOS - Faça de conta que o tempo passou (produzido por Rodrigo Faour)

 

Categories
Coletâneas Com textos assinados Discos

Série Super Divas traz cerca de 250 gravações raras ou inéditas no formato CD de 13 cantoras brasieliras

Amigos, após um ano e oito meses de trabalho, tenho o prazer de anunciar o lançamento da primeira série de coletâneas brasileira dedicada às nossas grandes cantoras. Super Divas, lançada pela EMI Music, tem belíssimo projeto gráfico de Flávia Oliveira e traz nos encartes um texto biográfico assinado por mim de cada uma das 13 cantoras da série, todas as letras e miniaturas das capas originais. Não foi fácil reunir tantas autorizações e conseguir todas as gravações, já que algumas matrizes se perderam, mas valeu a pena o esforço. Esta é uma das minhas maiores realizações profissionais. Agradeço muito a Jorge Lopes, da EMI, por abraçar este projeto.

O critério adotado em relação à escolha das cantoras foi incluir as divas que gravaram na Odeon e na extinta Copacabana que ainda tinham muito material raro ou inédito no formato CD. Dos 13 títulos da série, apenas dois são duplos, o de Dalva de Oliveira e o de Ademilde Fonseca – em que a mesma participou ativamente, comentando faixa a faixa, pouco antes de nos deixar aos 91 anos. As demais são: Angela Maria, Elizeth Cardoso, Maysa, Cláudia, Eliana Pittman, Waleska, Maria Alcina, Carmélia Alves, Rosana Toledo, Aracy de Almeida e Leny Eversong. Aproveitem!

 

 

Crítica de Carlos Calado - Guia da Folha de S. Paulo - 28/07/2012
Categories
Coletâneas

O melhor carnaval do mundo / The best carnaval of the world


O melhor carnaval do mundo / The best carnaval of the world (EMI Music, 2008)

Um ano depois do CD duplo “O melhor carnaval do mundo – Marchas e sambas imortais”, a EMI lançou no formato CD simples esta coletânea com 16 faixas. Este CD revive em gravações de boa qualidade técnica inesquecíveis marchinhas de Carnaval, gravados entre os anos 30 e anos 60, por Dalva de Oliveira, Blecaute, Carmen Costa, Gilberto Alves, Jorge Veiga, Lamartine Babo e muitos outros. Não é um disco só para colecionadores ou saudosistas, é um CD fundamental para a discoteca básica de qualquer brasileiro. Rodrigo Faour

1. O teu cabelo não nega (Irmãos Valença/ Lamartine Babo) – Castro Barbosa (1932/ regravação do Carnaval de 1955)
2. Chiquita Bacana (João de Barro/ Alberto Ribeiro) /Pierrô Apaixonado (Noel Rosa/ Heitor dos Prazeres)Ala-la-ô (Haroldo Lobo/ Nássara) – Blecaute (1949, 1936, 1941, regravações do Carnaval de 1959)
3. Saca-rolha (José Gonçalves/ Zilda Gonçalves/ Valdir) – Zé e Zilda (Carnaval de 1954)
4. Tem nego bebo aí (Mirabeau/ Airton Amorim) – Carmen Costa (Carnaval de 1955)
5. Maria Escandalosa (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti) – Blecaute (Carnaval de 1955)
6. Colombina Yê Yê Yê (João Roberto Kelly/ David Nasser) – Roberto Audi (Carnaval de 1966)
7. A jardineira (Benedito Lacerda/ Humberto Porto) – Gilberto Alves (1939/regravação do Carnaval de 1955) / Aurora (Roberto Roberti/ Mário Lago) – Gilberto Alves (1941/regravação do Carnaval de 1955)
8. Linda Morena (Lamartine Babo) – Arrelia e Lamartine Babo com Altamiro Carrilho e sua bandinha (1933/regravação do Carnaval de 1958)
9. Mamãe eu quero (Jararaca/ Vicente Paiva) – Blecaute (1937/regr. no Carnaval de 1955)
10. Máscara negra (Zé Kéti/ Pereira Matos) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1967)
11. Sassaricando (Luiz Antonio/ Oldemar Magalhães / Zé Mário) – Jorge Veiga (1952/regr. no Carnaval de 1955)
12. Me dá um dinheiro aí (Ivan Ferreira/ Homero Ferreira/ Glauco Ferreira) – Moacyr Franco (Carnaval de 1960)
13. Turma do Funil (Mirabeau/ Milton de Oliveira/ Urgel de castro) – Vocalistas Tropicais (Carnaval de 1956)
14. Cachaça (Mirabeau Pinheiro/ Lucio de Castro/ Heber Lobato/ Marinosio Filho) – Colé e Carmen Costa (Carnaval de 1953)
15. Bandeira branca (Max Nunes/ Laércio Alves) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1970)
16. Cidade maravilhosa (André Filho) – Gilberto Alves (1935 – regravação do Carnaval de 1955)

Idealização do projeto, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação geral: Luiz Garcia e Andréa Novaes

Opinião da imprensa

Revista Isto é – Ivan Cláudio


Categories
Coletâneas

O Melhor Carnaval do Mundo – Marchas e Sambas Imortais

O Melhor Carnaval do Mundo – Marchas e Sambas Imortais (EMI Music, 2007)

Este CD duplo revive em gravações de boa qualidade técnica inesquecíveis marchinhas e sambas de Carnaval, gravados entre os anos 30 e anos 80, por Chacrinha, Dalva de Oliveira, Blecaute, Carmen Costa, Carequinha, Lamartine Babo e muitos outros. Não é um disco só para colecionadores ou saudosistas, é um CD fundamental para a discoteca básica de qualquer brasileiro. Rodrigo Faour
CD 1
1. O teu cabelo não nega (Irmãos Valença/ Lamartine Babo) – Castro Barbosa (1932/ regravação do Carnaval de 1955)
2. Chiquita Bacana (João de Barro/ Alberto Ribeiro) /
Pierrô Apaixonado (Noel Rosa/ Heitor dos Prazeres)
Ala-la-ô (Haroldo Lobo/ Nássara) – Blecaute (1949, 1936, 1941, regravações do Carnaval de 1959)
3. Saca-rolha (José Gonçalves/ Zilda Gonçalves/ Valdir) – Zé e Zilda (Carnaval de 1954)
4. Tem nego bebo aí (Mirabeau/ Airton Amorim) – Carmen Costa (Carnaval de 1955)
5. Maria Escandalosa (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti) – Blecaute (Carnaval de 1955)
6. Até quarta-feira (H. Silva/ Paulo Alves Sete) – Marcos Moran (Carnaval de 1969)
7. História do Brasil (Lamartine Babo) – Arrelia, Lamartine Babo e Bandinha de Altamiro Carrilho (1934/regr. no Carnaval de 1958)
8. Fanzoca de rádio (Miguel Gustavo) – Carequinha (Carnaval de 1958)
9. Yes, nós temos bananas (João de Barro/ Alberto Ribeiro) – Almirante (Carnaval de 1938)
10. Se eu morrer amanhã (Garcia Jr./ Jorge Martins) – Gilberto Alves (Carnaval de 1962)
11. Colombina Yê Yê Yê (João Roberto Kelly/ David Nasser) – Roberto Audi (Carnaval de 1966)
12. Quero morrer de catapora (Elzo Augusto/ A. Maria) – Angela Maria (Carnaval de 1970)
13. Pacotão (João Roberto Kelly/ Chacrinha/ Leleco/ Don Carlos) – Chacrinha (Carnaval de 1984)
14. Cidade maravilhosa (André Filho) – Gilberto Alves (1935/regravação do Carnaval de 1955)
CD 2
1. A jardineira (Benedito Lacerda/ Humberto Porto) – Gilberto Alves (1939/regravação do Carnaval de 1955)
Aurora (Roberto Roberti/ Mário Lago) – Gilberto Alves (1941/regravação do Carnaval de 1955)
2. Linda Morena (Lamartine Babo) – Arrelia e Lamartine Babo com Altamiro Carrilho e sua bandinha (1933/regravação do Carnaval de 1958)
3. Mamãe eu quero (Jararaca/ Vicente Paiva) – Blecaute (1937/regr. no Carnaval de 1955)
Marcha do gago (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti) – Blecaute (1950/ regr. no Carnaval de 1955)
4. De lanterna na mão (José Saccomani / Elzo Augusto / Jorge Martins) – Gilberto Alves (Carnaval de 1961)
5. Máscara negra (Zé Kéti/ Pereira Matos) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1967)
6. Sassaricando (Luiz Antonio/ Oldemar Magalhães / Zé Mário) – Jorge Veiga (1952/regr. no Carnaval de 1955)
7. Me dá um dinheiro aí (Ivan Ferreira/ Homero Ferreira/ Glauco Ferreira) – Moacyr Franco (Carnaval de 1960)
8. Turma do Funil (Mirabeau/ Milton de Oliveira/ Urgel de castro) – Vocalistas Tropicais (Carnaval de 1956)
9. Cachaça (Mirabeau Pinheiro/ Lucio de Castro/ Heber Lobato/ Marinosio Filho) – Colé e Carmen Costa (Carnaval de 1953)
10. Joga a chave, meu amor (João Roberto Kelly/ J. Rui) – Jorge Goulart (Carnaval de 1965)
11. Menino gay (João Roberto Kelly/ Chacrinha/ Don Carlos/ Leleco) – Chacrinha (Carnaval de 1982)
12. Saravá (Zilda do Zé/ Carvalhinho/ Jorge Silva) – Orlando Dias (Carnaval de 1965)
13. Hino do Carnaval Brasileiro (Lamartine Babo) – Almirante (Carnaval de 1939)
14. Bandeira branca (Max Nunes/ Laércio Alves) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1970)

Inclui encarte com curiosidades sobre cada uma das canções

Idealização do projeto, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação geral: Luiz Garcia e Marcos Kilzer Filho

Opinião da imprensa

O Estado de S. Paulo – Lauro Lisboa Garcia

Folha de S. Paulo – Luiz Fernando Vianna

O Globo – Coluna “No Embalo” – Cesar Tartaglia

O Globo – Coluna “Sonar” – Antonio Carlos Miguel