Categories
Discos

Faour produz, dirige e apresenta o CD duplo e DVD de Lana Bittencourt “A Diva Passional”, lançado pelo selo do Canal Brasil

Após dois anos e meio de muito trabalho, tenho o prazer de mostrar a vocês o talento de uma veterana espetacular da MPB, Lana Bittencourt. O CD duplo e o DVD que batizei de “A diva passional” são resultado de dois shows realizados no Teatro Rival, entre outubro de 2010 e março de 2011, com as participações especialíssimas de Alcione, Ney Matogrosso, Rogéria e Mariana Braga, neta da cantora. Além de dirigir e assinar o roteiro musical, fico no canto do palco e ao final de cada canção a entrevisto, de modo a rebobinar quase 60 anos de carreira desta grande artista, de verve expressionista, teatral e voz incrivelmente potente.

No total, temos 28 faixas ao vivo, com arranjos de Mirabeaux Pinheiro e Rodrigo Fiorini, em que Lana não precisou refazer nenhuma palavra em estúdio e não houve sequer necessidade de retocar sua voz no programa Pro-Tools em nenhum momento. Trata-se de um talento raro que soube manter o vozeirão até os dias de hoje, aos 81 anos. Quem já a conhece, divirta-se! E quem não a conhece, trate de conhecer esta nossa diva que não deixa nada a dever às americanas Judy Garland e Shirley Bassey!

Este CD/DVD, lançado agora pelo selo do Canal Brasil, e foi uma ação entre amigos. Agradeço a Lana Braga (co-produtora), Conexão Filmes (que filmou o show), Carlos Mills (que gravou o áudio), Rodolfo Gomes (editor de imagens), Márcio Padilha e Leo Saramago (Zuêra Produções, técnicos de mixagem), Luiz Carlos Bimbão (light designer), Flávia Oliveira (designer da capa do CD/DVD), Alexandre Moreira (fotógrafo) e a toda equipe do Teatro Rival e do Canal Brasil pelo apoio irrestrito ao projeto.

CD "Lana Bittencourt - A Diva Passional". Apresentação e direção: Rodrigo Faour.

Categories
Shows e eventos

Festa do II Trofeu Sexo MPB reune vários estilos e gerações em noite antológica

Fátima Guedes, Eliana Pittman, Rodrigo Faour, Márcia Castro e Edy Star
Trenzinho com Fátima Guedes, Eliana Pittman, Rodrigo Faour, Márcia Castro e Edy Star
Alcione, Waleska, Ademilde Fonseca e Eliana Pittman
Encontro de divas: Alcione, Waleska, Ademilde Fonseca e Eliana Pittman
Fernanda Abreu canta um medley de Rita Lee na festa de 2 anos do Sexo MPB
Fernanda Abreu, cantando um medley de Rita Lee

Comemorando dois anos do programa Sexo MPB, na MPB FM carioca, o lançamento do CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” (EMI Music) e a reestreia do programa “História sexual da MPB”, no Canal Brasil, a festa na noite de segunda-feira, dia 20 de setembro, no Centro Cultural Carioca, entrou para a história da música brasileira por reunir alguns dos maiores ícones da MPB de vários estilos e gerações. Na ocasião, entreguei o II Trofeu Sexo MPB aos artistas que contribuíram para a MPB ficar mais sexy e quente. Eis os agraciados e suas categorias pela ordem de apresentação:

Ademilde Fonseca – Veterana sexy

Eliana Pittman – Diva exuberante

Waleska – Diva da Fossa sexy

Fátima Guedes – Mulher Muito intensa reincidente

Márcia Castro – Revelação sexy

Alcione – Loba sexy

Lana Bittencourt – Explosão Passional

Márcio Gomes, Alfredo Del-Penho e Pedro Paulo Malta – Revelação sexy

Angela Ro Ro – Vulcão trepidante

Edy Star – Divo desbundado

Fernanda Abreu – Diva pop samba funk

Toni Garrido – Black is beautiful

João Roberto Kelly – Muso do Bole-bole

Manhoso – Rei do Pornô-forró

Frenéticas – Carnaval-Disco girls

Cláudia – Voz de ouro

Perla – Explosão tropical

Toni Garrido na festa de 2 anos do Sexo MPB, de Rodrigo Faour
Toni Garrido cantando "Samurai", de Djavan
Angela Ro Ro e Rodrigo Faour na festa de 2 anos do Sexo MPB
Angela Ro Ro dá um arroxo em Rodrigo Faour
Rodrigo Faour, Perla, Eliana Pittman e Cláudia na festa de 2 anos do Sexo MPB
Rodrigo Faour, Perla, Eliana Pittman e Cláudia
Lana Bittencourt na festa do II Trofeu Sexo MPB, de Rodrigo Faour, em 2010
Lana Bittencourt: explosão passional
As Frenéticas na festa de 2 anos do Sexo MPB
As Frenéticas - Lidoka, Leiloca, Dhu Moraes e Edyr - recebendo o Trofeu Sexo MPB
Márcio Gomes, Pedro Paulo Malta, Rodrigo Faour e Alfredo Del-Penho na festa de 2 anos do Sexo MPB
Márcio Gomes, Pedro Paulo Malta, Rodrigo Faour e Alfredo Del-Penho: confraternização sexy
Edy Star, Fernanda Abreu, Eliana Pittman e João Roberto Kelly na festa de 2 anos do Sexo MPB
Edy Star, Fernanda Abreu, Eliana Pittman e João Roberto Kelly na "Dança do bole-bole"
Rodrigo Faour entrevista o forrozeiro Manhoso na festa de 2 anos do Sexo MPB
Rodrigo Faour entrevista o forrozeiro Manhoso

Veja no link abaixo a galeria de fotos (de Juliana Torres, do Canal Brasil):

http://picasaweb.google.com.br/rodrigofaour/FESTADOIITROFEUSEXOMPBSET2010#

Fotos do ENSAIO da festa no Estúdio Floresta (RJ)

http://picasaweb.google.com.br/rodrigofaour/EnsaioDaFestaDe2AnosDoSexoMPB#

Matéria da coluna Gente Boa, de Joaquim Ferreira dos Santos

Jornal O Globo

Matéria da coluna Gente Boa sobre a festa de 2 anos do Sexo MPB de Rodrigo Faour
Matéria da coluna Gente Boa sobre a festa de 2 anos do Sexo MPB de Rodrigo Faour
Categories
Coletâneas Discos

O canto magistral da Sabiá Marrom, Alcione, em CD de raros e inéditas

Garimpando fonogramas no acervo da Unviersal Music, descobri joias da fase áurea da cantora Alcione, da época em que o samba ditava as regras em seu repertório, ou seja, os anos 70 e sua voz era um diamante ainda mais precioso do que é hoje, com todos os graves e agudos que têm direito. Uma das minhas descobertas foi o samba Sabiá marrom, composto pelo maestro francês Paul Maurriat nos anos 70, encantado com a voz da cantora. Ela ganhou letra de Paulinho Rezende e Totonho, mas nunca foi registrada em seus discos. Permanecia inédita, bem como o samba recheado de lirismo Por do sol, do compositor angolano André Mingas (com Manuel Rui). O samba baiano Não suje o meu caixão (Panela/ Garrafão) é outra pérola inédita que encontrei, bem como registros em espanhol de O surdo e Sufoco para um compacto argentino.

A Marrom veio do Maranhão para a Cidade Maravilhosa em 1968, participou de programas de calouros e virou crooner da noite. Em 72, finalmente foi descoberta por Roberto Menescal (com a ajuda de Jair Rodrigues) durante uma temporada na boate paulista Blow up. A partir daí, o produtor tentou de tudo para emplacar sua pupila. Não foi fácil. Ela só veio a estourar no primeiro LP, A voz do samba, em 1975. Os compactos e participações que ela fez antes do primeiro LP não tiveram a menor repercussão, mas são gravações excelentes que vale a pena ser revividas agora.

Fecham o CD três duetos realizados a partir da segunda metade dos anos 70, quando a Marrom já estava estourada – com João Nogueira (De babado), Chico Buarque (O casamento dos pequenos burgueses) e Leci Brandão (Fim de festa), um mais delicioso que o outro.

Todas essas faixas e mais as inéditas já citadas estão no CD Sabiá Marrom – O samba raro de Alcione, que produzi para a Universal Music. Desde já, um dos melhores discos do ano para quem gosta de boa voz, boa interpretação, boa música e bons arranjos. Que dá saudades de um tipo de MPB que não volta mais.

 

 

1. Sabiá marrom (Paul Mauriat/ Gueraut Delanoe/ Totonho/ Paulinho Rezende), 1979 (INÉDITA)  Sobra do LP “Gostoso veneno”, de 1979 

 2. Por do sol (André Mingas/ Manuel Rui), 1980 (INÉDITA)  Sobra do LP “E vamos a luta”, de 1980)

3. Festa do Círio de Nazaré (Aderbal Moreira/ Dario Marciano/ Nilo Mendes), 1975  Do Compacto “Os melhores sambas enredo de 1975”  Philips 6245.037

4. Não suje o meu caixão (Panela/ Garrafão), 1975 (INÉDITA)  Sobra do LP “A voz do samba”, de 1975

5. Tem dendê (Reginaldo Bessa/ Nei Lopes), 1973  Do Compacto Simples “Alcione” Philips 6069.080

6. Pinta de sabido (Capoeira/ Rubens), 1973  Do Compacto Simples “Alcione” Philips 6069.080

7. Imagens poéticas de Jorge Lima (Tolito/ Mosar/ Delson), 1975   Do Compacto “Os melhores sambas enredo de 1975”  Philips 6245.037

8. Figa de guiné (Reginaldo Bessa/ Nei Lopes), 1972   Do Compacto Simples “Alcione” Philips 6069.058

9. O sonho acabou (Gilberto Gil), 1972  Do Compacto Simples “Alcione” Philips 6069.058

10. O mundo fantástico do Uirapurú (Tatu/ Nezinho/ Campo), 1975   Do Compacto “Os melhores sambas enredo de 1975” Philips 6245.037

11. Desafio (Luiz Américo/ Bráulio de Castro/ Clóvis de Lima), 1973  Do LP “Máximo de sucessos Nº 9” Fontana Special 6470.507

12. Planos de papel (Raul Seixas), 1974  Do LP da trilha da novela “O Rebu” Som Livre 403.6059

13. Linda flor (Henrique Vogeler/ Marques Porto/ Luiz Peixoto), 1974  Do LP “Máximo de sucessos Nº 11” Fontana Special 6470.522

14. Fim de festa (Rosinha de Valença/ Leci Brandão) – com Leci Brandão, 1980  Do LP Leci Brandão “Essa tal criatura”, Polydor 2451.146

15. O casamento dos pequenos burgueses (Chico Buarque) – com Chico Buarque, 1979  Do LP Chico Buarque – “Ópera do Malandro” Philips 6349.400/1

16. De babado (Noel Rosa/ João Mina) – com João Nogueira, 1981   Do LP João Nogueira “Wilson, Geraldo e Noel” Polydor 2451.170

17. O segredo das minas do Rei Salomão (Nininha Rossi/ Dauro/ Zé Pinto/ Mário Pedra), 1975  Do Compacto “Os melhores sambas enredo de 1975” Philips 6245.037

18. Tem dendê (ao vivo) (Reginaldo Bessa/Nei Lopes), 1973  Do LP “Catedral do samba” Polyfar 2494 520

19. El bombo (“O surdo” em espanhol) (Totonho/ Paulinho Rezende – versão: Luiz A. Ferrer), 1980  Do compacto argentino 45 rpm Philips 0000145

20. Que dilema (“Sufoco” em espanhol) (Chico da Silva/ Antonio José), 1980  Do compacto argentino 45 rpm Philips 0000145

Categories
Coletâneas Discos

CD “Sexo MPB com Rodrigo Faour” compila o melhor da sensualidade e erotismo da nossa música

CD Sexo MPB com Rodrigo Faour (EMI Music)

Desde que lancei o livro “História sexual da MPB”, em outubro de 2006, até hoje, este estudo sobre comportamento & música popular só me deu alegrias. Fui convidado para criar o programa “Sexo MPB”, na MPB FM carioca, em 2008, e no ano seguinte veio o convite do Canal Brasil para levar o mesmo tema à TV. O programa levou o mesmo nome do livro, tendo estreado a primeira temporada em fevereiro deste ano de 2010 e cuja nova temporada vai ao ar em setembro próximo.

 O CD duplo que a EMI Music acaba de lançar tem como mote o programa de rádio, mas, em verdade, tem a ver com as três vertentes. Tudo está entrelaçado. No CD 1 enfoquei “Canções sensuais” e no CD 2 “Músicas safadinhas”. O primeiro é ideal para curtir um clima a dois e o segundo ótimo para animar festas irreverentes.

Deu um trabalhão para conseguir tantas autorizações e inclusive conseguir incluir várias faixas inéditas ou raras em CD, como Amendoim torradinho (Sylvia Telles), Da cor do pecado (Angela Maria), De fogo, luz e paixão (Marcelo e Gal Costa) no CD 1, ou Dança do bole bole (João Roberto Kelly), Pererca da vizinha (Dercy Gonçalves), É mais embaixo (Maria Alcina), no CD 2.  Mas valeu a pena. É um disco com clássicos dos dois gêneros, entrelaçados com pepitas raras. Eis a seleção:

SEXO MPB com Rodrigo Faour

 

CD 1 – “Canções Sensuais”

01. Dois pra lá, dois pra cá (João Bosco/ Aldir Blanc) – Elis Regina (1974)

02. Da cor do pecado (Bororó) – Angela Maria (1955)

03. Do, re, mi / Graças a Deus (Fernando César) – Doris Monteiro (1978)

04. Amendoim torradinho (Henrique Beltrão) – Sylvia Telles (1955)

05. Você (Roberto Menescal/ Ronaldo Bôscoli) – Dick Farney & Claudette Soares (1974)

06. Medo de amar Nº 2 (Sueli Costa/ Tite de Lemos) – Simone (1978)

07. Tanto que aprendi de amor (Fátima Guedes) – Fátima Guedes (1980)

08. O meu amor (Chico Buarque) – Maria Bethânia e Alcione (1978)

09. Emoções (Wando) – Wando (1978)

10. De fogo, luz e paixão (Marcelo/ Ney Costa Santos) – Marcelo e Gal Costa (1978)

11. Avassaladora (Gonzaguinha)Gonzaguinha (1990)

12. Outono (Djavan) – Ângela Ro Ro e Antonio Adolfo (1997)

13. Não estou bem certa (Sign your name) (Terence Trent D’Arby/ versão: Pedro Pimentel/ Marina Lima) – Marina Lima (1991)

14. Por que a gente é assim? (Frejat/ Cazuza/ Ezequiel Neves) – Ney Matogrosso (2008)

 

CD 2 – Músicas safadinhas

01. Dança do bole-bole (João Roberto Kelly) – João Roberto Kelly (1977)

02. Não bota no meu (Beto Scala/ São Beto/ Humberto Silva) – Jair Rodrigues (1985)

03. Sanduíche de artista (Cláudio Fontana) – Os Originais do Samba (1985)

04. Radinho de pilha (Namd/ Graça Góis) – Genival Lacerda (1979)

05. Eu sou cômico (João Caetano/ Zenilton) – Zenilton (1986)

06. Só gosto de tudo grande (Adolpho de Carvalho / Adélio da Silva) – Marinês (1980)

07. É mais embaixo (D. P. – Pastoril do Facêta) – Maria Alcina (1979)

08. O tico-tico (João Caetano/ Manhoso) – Sandro Becker (1988)

09. Fofinha e charmosa (Jean de Carvalho/ Pepe Ávila) – Marion (1988)

10. A roda (Sarajane/ Robson de Jesus/ Alfredo Moura) – Sarajane (1987)

11. Melô do piripipi (Je suis la femme) (Mister Sam) – Gretchen (1981)

12. O modo de usar (Só capim canela) (Manoel do Gramacho/ Paulinho do Tietê/ Toninho Cinquenta) – Manhoso (1983)

13. A Perereca da vizinha (Jonatan/ Dercy Gonçalves) – Dercy Gonçalves (1964)

14. Eu também quero mocotó (Jorge Ben) – Chacrinha (1970)

BONUS TRACKS – Trecho do programa de rádio “Sexo MPB”. (Músicas pioneiras de duplo sentido, apresentadas por mim)

15. Locução de Faour

16. Rua Pau Ferro (Domínio público) – Bahiano (1910)

17. Locução de Faour II

18. A boceta de rapé (Domínio público) – Mário Pinheiro (1906)

19. Encerramento

 

Repercussão do CD “Sexo MPB” na imprensa:

Jornais

Sinais de vida no planeta Pilots.  –  O Estado de S. Paulo – São Paulo /SP – 26/6/2010 – Pag. D6 – Digitação: 28/6/2010

Sexo.  –  Diário de S.Paulo – São Paulo /SP – 18/6/2010 – Pág. 15

Os antepassados dos proibidões.  –  Jornal do Brasil – Rio de Janeiro /RJ – 22/6/2010 – Pág. B3

Hits calientes.  –  Agora – São Paulo /SP – 29/6/2010 – Pág. D-11

Sexo MPB.  –  A Crítica – Manaus /AM – 30/6/2010 – Pág. BV4

A sensualidade da música popular brasileira em CD.  –  O Tempo – Belo Horizonte /MG – 5/7/2010 – Pág. 05

 Sites

Sexo MPB no Yahoo – http://br.noticias.yahoo.com/s/05072010/11/entretenimento-musica-cantada-literalmente.html

Sexo MPB no Ziriguidum – http://www2.uol.com.br/ziriguidum/1006/100621-01.htm

Sexo MPB no Blog Notas Musicais – http://blogdomauroferreira.blogspot.com/2010/07/coletanea-mostra-abordagem-do-sexo-na.html

Sexo MPB na Saraiva Conteúdo – http://www.saraivaconteudo.com.br/Blog.aspx?id=1316

Sexo MPB no Povo Online – http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/vida-e-arte/2010/06/30/internaimpressavidaearte,2015310/sintonia.shtml

Categories
Coletâneas

Cartola bate outra vez – Vol. 2

Cartola bate outra vez – Vol. 2 – Vários intérpretes (Som Livre, 2008)

Em 1988, foi produzido o álbum Cartola, bate outra vez, onde diversos grandes nomes da MPB regravaram 12 das mais famosas canções de sua obra. O disco foi um sucesso e nunca parou de vender. Eis que 20 anos depois temos este segundo volume com mais 14 sambas para homenagear seu centenário, compilando registros históricos que vão dos anos 70 aos dias atuais. Rodrigo Faour

1. Alvorada – Maria Bethânia e Hermínio Bello de Carvalho
2. Divina dama – Chico Buarque
3. Basta de clamares inocência – Elis Regina
4. Festa da vinda – Cauby Peixoto e Zeca Pagodinho
5. Não quero mais a mar a ninguém/ Peito vazio/ Acontece – Emílio Santiago
6. O inverno do meu tempo – Elizeth Cardoso
7. Sim – Nelson Gonçalves
8. Tempos idos (ao vivo) – Paulinho da Viola e Toquinho (violão)
9. Qual foi o mal que eu te fiz? – Dona Inah
10. Ensaboa – Ney Matogrosso
11. Labaredas – Joanna
12. Eu sei – Alcione e Cartola
13. Que sejam bem-vindos – Beth Carvaho
14. Que seja bem feliz – Clara Nunes

Seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour