Categories
Coletâneas

Elis Regina – Pérolas Raras

Elis Regina – Pérolas Raras (Universal Music, 2006)

Se você acha que já tinha ouvido tudo que Elis Regina (1945-1982) gravou, enganou-se. Há algumas versões alternativas de seus grandes hits realizadas em compactos, discos de festivais e projetos especiais que ainda não tinham sido reunidas numa coletânea, e algumas delas sequer reeditadas em CD anteriormente. E que tal Elis cantando Menino das laranjas e Sou sem paz em espanhol? Mentira? Nada disso. Pura verdade. É ouvir para crer. A genial Pimentinha continua surpreendendo e causando suspiros mais de 20 anos depois de sua morte. Rodrigo Faour

1. Ensaio Geral (Gilberto Gil)
Do compacto duplo “Elis e os Festivais” – Philips (1966)
2. Arrastão (Edu Lobo/Vinicius de Moraes)
Do Compacto Simples – Philips 365.083 (1965)
3. Travessia (Milton Nascimento/Fernando Brant)
Do Compacto Simples – Philips 365.225 (1967)
4. O Cantador (Dori Caymmi/Nelson Motta)
Do LP “3° Festival da Música Popular Brasileira – Volume 2” – Philips (1967)
5. Menino das laranjas (Théo de Barros)
Do Compacto Simples – Philips 365.068 (1965)
6. Jogo de roda (ao vivo) (Edu Lobo/Ruy Guerra)
Do LP “Viva o Festival da Música Popular Brasileira” –
Rosenblit/Artistas Unidos (1966)
7. É com esse que eu vou (Pedro Caetano)
Do LP “Phono 73 – O Canto de um Povo – Vol 2” – Phonogram (1973)
8. Ladeira da preguiça (Gilberto Gil) – com Gilberto Gil
Do LP “Phono 73 – O Canto de um Povo – Vol 2” – Phonogram (1973)
9. A Corujinha (Toquinho/Vinicius de Moraes)
Do LP “A Arca de Noé” – Ariola (1980)
10 Terra de ninguém (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle) – com Marcos Valle
Do LP “A Bossa no Paramount” – RGE – ano 1965
BONUS TRACKS
11. Black is Beautiful (ao vivo) (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle)
Do LP “Som Livre Exportação” – Forma (1971)
12. El niño de las naranjas (Menino das laranjas) (Théo de Barros)
Do compacto simples Philips 365.118 (1965)
13. Soy sin paz (Sou sem paz) (Adylson Godoy)
Do compacto simples Philips 365.118 (1965)
14. Ensaio Geral (ao vivo) (Gilberto Gil)
Do LP “Viva o Festival da Música Popular Brasileira” –
Rosenblit – Artistas Unidos (1966)

Idealização, textos, pesquisa e repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Ricardo Moreira

Opinião da imprensa

O Globo – Antonio Carlos Miguel

Revista Veja – Coluna “Veja indica

Revista Um – Daniela Salú

Folha de S. Paulo (on Line) – Mary Persia

O Globo – Coluna Gente Boa (Joaquim Ferreira dos Santos)

Revista Época – On line


Categories
Coletâneas

A Bossa Sexy de Claudette Soares

A Bossa Sexy de Claudette Soares (Universal Music, 2006)

Neste CD duplo fazemos um passeio pelas gravações refrescantes, cheias de bossa, suingue e sensualidade realizadas por Claudette Soares na Philips entre 1967 e 71. À exceção das duas canções de Roberto & Erasmo Carlos que fecham o álbum e de Hoje, de Taiguara – mais românticas –, as outras 25 canções deste disco não querem outra coisa senão divertir, seduzir e encantar. É um repertório que surpreende pela atualidade e pela originalidade – numa mistura de bossa nova, samba-jazz, pilantragem e samba-rock. Não ficou desgastado, rançoso nem boboca. É ainda saboroso e excitante 35 anos depois… Vamos degustá-lo! Rodrigo Faour

CD 1
1. Se você quiser, mas sem bronquear (Jorge Ben) (1970)
2. Shirley sexy (Fred Falcão/ Arnoldo Medeiros) (1971)
3. Superbacana (Caetano Veloso) (1970)
4. Vem balançar (Walter Santos/ Tereza Souza) (1969)
5. Glória, Glorinha (Antonio Adolfo/ Tibério Gaspar) (1970)
6. Ciúmes (Carlos Lyra) (1967)
7. I don’t care (Não quero saber) (Tim Maia) (1970)
8. Januária (Chico Buarque) (1968)
9. Meia volta (Ana Cristina) (Antonio Adolfo/ Tibério Gaspar) (1969)
10. O cravo brigou com a rosa (Jorge Ben) (1969)
11. Frevo rasgado (Gilberto Gil/ Bruno Ferreira) (1968)
12. Por quem morreu de amor (Roberto Menescal/ Ronaldo Bôscoli) (1970)
13. Hoje (Taiguara) (1970)
14. Que maravilha (Toquinho/ Jorge Ben) (1969)
CD 2
1. Juliana (Antonio Adolfo/ Tibério Gaspar) (1969)
2. Canoeiro (Pescaria) (Dorival Caymmi) (1970)
3. Baião (Luiz Gonzaga/ Humberto Teixeira) (1970)
4. Amanhã ninguém sabe (Chico Buarque) (1967)
5. Feitinha pro poeta (Baden Powell/ Luiz Fernando Freire) (1969)
6. Os grilos (Marcos Valle/ Paulo Sérgio Valle) (1970)
7. Clara (Caetano Veloso) – com Gilberto Gil (1968)
8. Carolina, Carol bela (Toquinho/ Jorge Ben) (1969)
9. Mancada (Gilberto Gil) (1968)
10. Bandolim (Chico Buarque) (1968)
11. Psiu… (Marcos Valle/ Paulo Sérgio Valle) (1969)
12. Manequim (Antonio Adolfo/ Tibério Gaspar) (1971)
13. Não quero ver você triste (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos/ Mário Telles) (1971)
14. De tanto amor (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos) (1971)

Incluí mini-biografia da cantora

Conceito, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Supervisão do projeto: Ricardo Moreira

Opinião da imprensa

Folha de S. Paulo – Luiz Fernando Vianna

Revista Rolling Stone – Marcus Preto

Correio da Bahia – Hagamenon Brito
Categories
Coletâneas

Cássia Eller – Raridades

Cássia Eller – Raridades (Som Livre, 2008)

Para matar as saudades, Cássia Eller (1962-2001) reaparece neste CD em gravações avulsas que realizou para projetos especiais e discos de outros artistas. Com seu ecletismo inteligente, canta de Dorival Caymmi a Cole Porter, de Zé Ramalho a Nirvana, de Carlos Lyra a John Lennon. Adrenalina pura. Rodrigo Faour

1. Admirável gado novo (Zé Ramalho), 1995 CD “Forrobodó” PolyGram 527.178-2
2. Milagreiro (Djavan) – com Djavan, 2001 CD Djavan “Milagreiro” Epic/Sony Music 2-502660
3. Dora (Dorival Caymmi), 1993 CD “Songbook Dorival Caymmi – Vol. 4” Lumiar LD 08/93
4. Toda vez que eu digo adeus (Ev’ry time we say goodbye) (Cole Porter/Versão: Carlos Rennó), 2000 CD “Cole Porter & George Gershwin – Canções, versões” Geléia Geral/Wea 398429049-2
5. Saudade fez um samba (Carlos Lyra/Ronaldo Bôscoli), 1994 CD “Songbook Carlos Lyra” Lumiar LD 04/94
6. Juventude transviada (ao vivo) (Luiz Melodia) – com Luiz Melodia, 1999 CD “Casa de samba 3” Universal 546.190-2
7. Nasci para chorar (Born to cry) (D. Dimucci/V: Erasmo Carlos), 2002 CD da trilha do filme “Houve uma vez dois verões” Universal Music 325912004042
8. Blues da piedade (ao vivo) (Frejat/Cazuza), 1995 CD “Som Brasil Cazuza” Som Livre 1009-2
9. Oriente (Gilberto Gil), 1992 CD “Songbook Gilberto Gil – Vol. 2” Lumiar LD 02/92
10. Malandragem (ao vivo) (Frejat/Cazuza) – com Barão Vermelho, 2001 CD “Multishow ao vivo” Som Livre 2004-9
11. Bufo & Spallanzani: dentro de ti (Dado Villa-Lobos/Humberto Effe), 2001 CD da trilha do filme “Bufo & Spallanzani” Universal 325912001852
12. Golden Slumbers – Carry that weight – The end (ao vivo) (Lennon/Mc Cartney), 2000 CD “O submarino verde e amarelo” Epic/Sony Music 898.310/2-2-495.551
13. Woman is the nigger of the world (ao vivo) (Lennon/Yoko Ono), 1999 CD “Cássia Rock
Eller” Universal 73145482722
14. Mr. Scarecrow (Herbert Vianna) – com Herbert Vianna, 2000 CD Herbert Vianna “O som do sim” EMI 527224-2
15. Smells like teen spirit (ao vivo) (Kurt Cobain/Chris Novoselic/David Grohl), 1999 CD “Cássia Rock Eller” Universal 73145482722

Seleção de repertório: Rodrigo Faour e Ricardo Moreira
Marketing estratégico / montagem: Marcelo Toller

Opinião da imprensa

O Globo – Caderno Megazine

Categories
Coletâneas

O melhor carnaval do mundo / The best carnaval of the world


O melhor carnaval do mundo / The best carnaval of the world (EMI Music, 2008)

Um ano depois do CD duplo “O melhor carnaval do mundo – Marchas e sambas imortais”, a EMI lançou no formato CD simples esta coletânea com 16 faixas. Este CD revive em gravações de boa qualidade técnica inesquecíveis marchinhas de Carnaval, gravados entre os anos 30 e anos 60, por Dalva de Oliveira, Blecaute, Carmen Costa, Gilberto Alves, Jorge Veiga, Lamartine Babo e muitos outros. Não é um disco só para colecionadores ou saudosistas, é um CD fundamental para a discoteca básica de qualquer brasileiro. Rodrigo Faour

1. O teu cabelo não nega (Irmãos Valença/ Lamartine Babo) – Castro Barbosa (1932/ regravação do Carnaval de 1955)
2. Chiquita Bacana (João de Barro/ Alberto Ribeiro) /Pierrô Apaixonado (Noel Rosa/ Heitor dos Prazeres)Ala-la-ô (Haroldo Lobo/ Nássara) – Blecaute (1949, 1936, 1941, regravações do Carnaval de 1959)
3. Saca-rolha (José Gonçalves/ Zilda Gonçalves/ Valdir) – Zé e Zilda (Carnaval de 1954)
4. Tem nego bebo aí (Mirabeau/ Airton Amorim) – Carmen Costa (Carnaval de 1955)
5. Maria Escandalosa (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti) – Blecaute (Carnaval de 1955)
6. Colombina Yê Yê Yê (João Roberto Kelly/ David Nasser) – Roberto Audi (Carnaval de 1966)
7. A jardineira (Benedito Lacerda/ Humberto Porto) – Gilberto Alves (1939/regravação do Carnaval de 1955) / Aurora (Roberto Roberti/ Mário Lago) – Gilberto Alves (1941/regravação do Carnaval de 1955)
8. Linda Morena (Lamartine Babo) – Arrelia e Lamartine Babo com Altamiro Carrilho e sua bandinha (1933/regravação do Carnaval de 1958)
9. Mamãe eu quero (Jararaca/ Vicente Paiva) – Blecaute (1937/regr. no Carnaval de 1955)
10. Máscara negra (Zé Kéti/ Pereira Matos) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1967)
11. Sassaricando (Luiz Antonio/ Oldemar Magalhães / Zé Mário) – Jorge Veiga (1952/regr. no Carnaval de 1955)
12. Me dá um dinheiro aí (Ivan Ferreira/ Homero Ferreira/ Glauco Ferreira) – Moacyr Franco (Carnaval de 1960)
13. Turma do Funil (Mirabeau/ Milton de Oliveira/ Urgel de castro) – Vocalistas Tropicais (Carnaval de 1956)
14. Cachaça (Mirabeau Pinheiro/ Lucio de Castro/ Heber Lobato/ Marinosio Filho) – Colé e Carmen Costa (Carnaval de 1953)
15. Bandeira branca (Max Nunes/ Laércio Alves) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1970)
16. Cidade maravilhosa (André Filho) – Gilberto Alves (1935 – regravação do Carnaval de 1955)

Idealização do projeto, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação geral: Luiz Garcia e Andréa Novaes

Opinião da imprensa

Revista Isto é – Ivan Cláudio


Categories
Coletâneas

O Melhor Carnaval do Mundo – Marchas e Sambas Imortais

O Melhor Carnaval do Mundo – Marchas e Sambas Imortais (EMI Music, 2007)

Este CD duplo revive em gravações de boa qualidade técnica inesquecíveis marchinhas e sambas de Carnaval, gravados entre os anos 30 e anos 80, por Chacrinha, Dalva de Oliveira, Blecaute, Carmen Costa, Carequinha, Lamartine Babo e muitos outros. Não é um disco só para colecionadores ou saudosistas, é um CD fundamental para a discoteca básica de qualquer brasileiro. Rodrigo Faour
CD 1
1. O teu cabelo não nega (Irmãos Valença/ Lamartine Babo) – Castro Barbosa (1932/ regravação do Carnaval de 1955)
2. Chiquita Bacana (João de Barro/ Alberto Ribeiro) /
Pierrô Apaixonado (Noel Rosa/ Heitor dos Prazeres)
Ala-la-ô (Haroldo Lobo/ Nássara) – Blecaute (1949, 1936, 1941, regravações do Carnaval de 1959)
3. Saca-rolha (José Gonçalves/ Zilda Gonçalves/ Valdir) – Zé e Zilda (Carnaval de 1954)
4. Tem nego bebo aí (Mirabeau/ Airton Amorim) – Carmen Costa (Carnaval de 1955)
5. Maria Escandalosa (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti) – Blecaute (Carnaval de 1955)
6. Até quarta-feira (H. Silva/ Paulo Alves Sete) – Marcos Moran (Carnaval de 1969)
7. História do Brasil (Lamartine Babo) – Arrelia, Lamartine Babo e Bandinha de Altamiro Carrilho (1934/regr. no Carnaval de 1958)
8. Fanzoca de rádio (Miguel Gustavo) – Carequinha (Carnaval de 1958)
9. Yes, nós temos bananas (João de Barro/ Alberto Ribeiro) – Almirante (Carnaval de 1938)
10. Se eu morrer amanhã (Garcia Jr./ Jorge Martins) – Gilberto Alves (Carnaval de 1962)
11. Colombina Yê Yê Yê (João Roberto Kelly/ David Nasser) – Roberto Audi (Carnaval de 1966)
12. Quero morrer de catapora (Elzo Augusto/ A. Maria) – Angela Maria (Carnaval de 1970)
13. Pacotão (João Roberto Kelly/ Chacrinha/ Leleco/ Don Carlos) – Chacrinha (Carnaval de 1984)
14. Cidade maravilhosa (André Filho) – Gilberto Alves (1935/regravação do Carnaval de 1955)
CD 2
1. A jardineira (Benedito Lacerda/ Humberto Porto) – Gilberto Alves (1939/regravação do Carnaval de 1955)
Aurora (Roberto Roberti/ Mário Lago) – Gilberto Alves (1941/regravação do Carnaval de 1955)
2. Linda Morena (Lamartine Babo) – Arrelia e Lamartine Babo com Altamiro Carrilho e sua bandinha (1933/regravação do Carnaval de 1958)
3. Mamãe eu quero (Jararaca/ Vicente Paiva) – Blecaute (1937/regr. no Carnaval de 1955)
Marcha do gago (Klecius Caldas/ Armando Cavalcanti) – Blecaute (1950/ regr. no Carnaval de 1955)
4. De lanterna na mão (José Saccomani / Elzo Augusto / Jorge Martins) – Gilberto Alves (Carnaval de 1961)
5. Máscara negra (Zé Kéti/ Pereira Matos) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1967)
6. Sassaricando (Luiz Antonio/ Oldemar Magalhães / Zé Mário) – Jorge Veiga (1952/regr. no Carnaval de 1955)
7. Me dá um dinheiro aí (Ivan Ferreira/ Homero Ferreira/ Glauco Ferreira) – Moacyr Franco (Carnaval de 1960)
8. Turma do Funil (Mirabeau/ Milton de Oliveira/ Urgel de castro) – Vocalistas Tropicais (Carnaval de 1956)
9. Cachaça (Mirabeau Pinheiro/ Lucio de Castro/ Heber Lobato/ Marinosio Filho) – Colé e Carmen Costa (Carnaval de 1953)
10. Joga a chave, meu amor (João Roberto Kelly/ J. Rui) – Jorge Goulart (Carnaval de 1965)
11. Menino gay (João Roberto Kelly/ Chacrinha/ Don Carlos/ Leleco) – Chacrinha (Carnaval de 1982)
12. Saravá (Zilda do Zé/ Carvalhinho/ Jorge Silva) – Orlando Dias (Carnaval de 1965)
13. Hino do Carnaval Brasileiro (Lamartine Babo) – Almirante (Carnaval de 1939)
14. Bandeira branca (Max Nunes/ Laércio Alves) – Dalva de Oliveira (Carnaval de 1970)

Inclui encarte com curiosidades sobre cada uma das canções

Idealização do projeto, seleção de repertório e textos: Rodrigo Faour
Coordenação geral: Luiz Garcia e Marcos Kilzer Filho

Opinião da imprensa

O Estado de S. Paulo – Lauro Lisboa Garcia

Folha de S. Paulo – Luiz Fernando Vianna

O Globo – Coluna “No Embalo” – Cesar Tartaglia

O Globo – Coluna “Sonar” – Antonio Carlos Miguel