Categories
Discos Inéditos Televisão

“Duas noites para Dolores Duran” passa no Canal Brasil e sai na sequência em CD e DVD duplos, a mais nova produção de Rodrigo Faour

O CANAL BRASIL exibe neste sábado, dia 11/7, os dois shows do projeto DUAS NOITES PARA DOLORES DURAN, que tive a honra de apresentar para divulgar a biografia da grande cantora e compositora que havia acabado de lançar, entre fim de 2012 e início de 2013. Às 18h, o show do Rio, com as participações de João Donato, Leny Andrade, Carlos Lyra, Doris Monteiro, Marcia Castro, Elba Ramalho, Simone Mazzer, Márcio Gomes e Lana Bittencourt, e às 19h45 o show de Sampa, com Claudette Soares, Paulo Padilha, Edu Alves, Cida Moreira, Angela Maria e Cauby Peixoto!  Sexta-feira, dia 17, tem uma reprise. Às 10h o show do Rio e às 11h45 o de SP. Não percam! (Abaixo, nota publicada no jornal O TEMPO, de Belo Horizonte).

Abaixo, nota na coluna de Ancelmo Góis em 27/6/2015 sobre os CDs e DVDs duplos dos shows que sairão até o fim de agosto, pelo Canal Brasil em parceria com a Coqueiro Verde Records.

DVD Dolores Duran - com Rodrigo Faour e convidados

Categories
Discos Inéditos

“Infernynho – Marília Bessy convida Ney Matogrosso”, produzido por Faour, é indicado como melhor álbum pop contemporâneo ao Grammy Latino 2014

O álbum ao vivo “Infernynho – Marília Bessy convida Ney Matogrosso” produzido por mim, fruto do show que tive a honra de dirigir e roterizar a convite da cantora foi indicado ao 15º Grammy Latino na categoria “Melhor Álbum Pop Contemporâneo” a ser realizado dia 20 de novembro em Las Vegas, onde Ney também receberá uma homenagem pelo conjunto de sua obra. O disco e o DVD foram lançados pelo selo do Canal Brasil e traz canções sexy e dançantes, num verdadeiro manifesto contra a caretice e a insuportável onda “cool” que assola parte da MPB atual. Quero agradecer a todos os envolvidos, em especial à Zuêra Produções, a cargo da gravação e produção do áudio, e a Rodolfo Gomes pela edição de imagens do DVD, em cujo making of fiz uma deliciosa entrevista com os dois artistas na boate Erótika, em Copacabana, um autêntico inferninho carioca.

“Infernynho” concorre com os álbuns mais recentes de Ana Carolina, Ivete Sangalo, Jota Quest e Vanessa da Matta.

INFERNYNHO - MARÍLIA BESSY CONVIDA NEY MATOGROSSO (CANAL BRASIL) - PRODUZIDO POR RODRIGO FAOUR

Categories
Discos Reedições

Caixa de 7 CDs dos Mutantes lançada pela Universal Music tem a colaboração de Rodrigo Faour, com direito a textos inéditos e CD de raridades

Tive a honra de ser convidado pela Alice Soares da Universal Music para elaborarmos esta deliciosa caixa (de 7 CDs) OS MUTANTES, reunindo todas as gravações de sua formação original. Além dos 6 CDs de carreira, montei o CD “Mande um abraço pra velha”, com 13 pérolas raras do grupo. Quero dizer ainda que há um LIBRETO contando um pouco da história dos primórdios do rock no mundo, e especialmente no Brasil, e a contextualização de disco a disco.

Caixa de 7 CDs - Os Mutantes - Produzida por Alice Soares e Rodrigo Faour
O que todos hoje fazem por aqui misturando um ritmo com outro, brasileiro com internacional, humor, deboche e anarquia, naquele tempo ninguém fazia. OS MUTANTES foram os pioneiríssimos nisso. E honra maior foi ter recebido um elogio por este texto de um dos meus ídolos de infância, Roberto de Carvalho- que junto com Rita Lee criaria o pop nacional dali a alguns anos. Muitas emoções…

Os Mutantes ganham Caixa pela Universal Music com curadoria de Rodrigo Faour
Rodrigo Faour com a caixa de 7CDs Os Mutantes que produziu com Alice Soares par aa Universal Music

Esta é a capa da coletâena – elogiadíssima pela imprensa – que criei para a caixa OS MUTANTES. Batizei-a de MANDE UM ABRAÇO PRA VELHA, afinal, pode haver título mais nonsense e divertido para um disco deste grupo, que sempre primou pela anarquia, humor e diversão? A faixa-título foi a última gravação do grupo com a formação original, composta e apresentada no VII Festival Internacional da Canção, de 1972. Eis o tracklist:

1 – Domingo no parque – com Gilberto Gil
2 – Canção para inglês ver / Chiquita bacana
3 – Ando meio desligado (versão compacto)
4 – The rain, the park and other things
5 – Cinderella-rockfella
6 – Glória ao rei dos confins do além
7 – Baby – com Caetano Veloso
8 – Saudosismo – com Caetano Veloso
9 – Marcianita – com Caetano Veloso
10 – A voz do morto – com Caetano Veloso
11 – Lady Madonna
12 – Mande um abraço pra velha
13 – Ando meio desligado (ao vivo)

(capa: Lastudio / direção de arte: Lêka Coutinho / Ilustração: Fabiano Feroli / Projeto gráfico: Leandro Arraes)

Categories
Coletâneas Discos

“The best of brega” traz em dois volumes temas divertidos de várias vertentes musicais

Queridos, graças ao convite de Alice Soares,  do mkt estratégico da Universal Music, tive a oportunidade de desovar um monte de breguices deliciosas que venho juntando há pelo menos 20 anos e que agora chegam até vocês nas coletâneas THE BEST OF BREGA – Vols. 1 e 2. O primeiro volume mais brega clássico anos 70 e o segundo, mais dançante com diversos gêneros – da discothèque ao samba, passando pelo rock e brega oitentista. A capa é de Flavia Oliveira e a remasterização de Luigi Hoffer e Carlos Savalla. Abaixo, as capas dos CDs e algumas capas originais da minha coleção. Espero que gostem!

The Best of Brega - em dois volumes (repertório: Rodrigo Faour)

Rodrigo Faour mostra parte de sua coleção de discos bregas

Categories
Discos

Ruy Castro elogia empenho de Faour como produtor e pesquisador musical, no resgate de grandes álbuns da MPB

Fiquei muito feliz em ter meu trabalho de produtor reconhecido por RUY CASTRO, um confesso fã de nossa combalida MPB, em sua coluna de hoje na Folha de S. Paulo. Quero agradecer também a Ricardo Moreira, Alice Soares, Jorge Lopes, Luiz Garcia, Adriana Ramos, Flávio Pinheiro, Marcus Vinicius Castro, Marcelo Castelo Branco e o falecido João Araujo que me deram a oportunidade em diferentes épocas, desde 2002, de tornar realidade alguns dos mais expressivos projetos que assinei, afinal, ninguém trabalha sozinho. Infelizmente vivemos uma época muito difícil na indústria do disco e mesmo os que ainda estão empregados nas multinacionais muitas vezes não podem fazer milagres.

Coluna de Ruy Castro, citando Rodrigo Faour