Categories
Com textos assinados Discos Reedições

Faour produz as caixas com os primeiros álbuns de Baby do Brasil e das Frenéticas para a Warner Music

Os primeiros cinco CDs de Baby do Brasil, gravados entre 1978 e 1982, e os quatro álbuns da formação original do sexteto As Frenéticas, registrados entre 1977-1980, finalmente chegam remasterizados ao mercado, com as artes originais, textos contextualizando os lançamentos e diversas faixas bônus. As caixas “Baby Consuelo do Brasil” e “As Frenéticas – 40 anos de Dancin’days” são lançadas agora pela Warner Music.

Caixa "Baby Consuelo do Brasil", produzida por Rodrigo Faour para a Warner Music

A caixa de Baby do Brasil tem ainda como bônus canções para especiais infantis (“Emília, a Boneca gente” e “A espingarda de rolha”), uma faixa de compacto que nunca havia saído em CD, “Juntos de novo” e uma canção de sucesso do festival MPB 80, “O mal é o que sai da boca do homem”, ao lado de Pepeu Gomes. O box acompanha ainda um encarte com um texto biográfico e depoimentos que a cantora deu à imprensa à época de cada lançamento.

Caixa "As Frenéticas - 40 Anos de Dancin'Days" (Produzida por Rodrigo Faour para a Warner Music)

No caso das Frenéticas, o box apresenta 17 bônus tracks, incluindo participações em discos de Gonzaguinha (“A marcha do povo doido”), Belchior (“Corpos terrestres”) e Erasmo Carlos (“Se você pensa”), canções para os especiais infantis da “Arca de Noé” (“Aula de piano”, “O pintinho”), um projeto de frevo da CBS, “Asas da América” (“Bye, bye, my baby”) e as três que gravaram quando se reuniram novamente em 1992 por ocasião da novela “Perigosas peruas” (a faixa de abertura do folhetim homônimo, “Oh, boy” e “Lefudezvous”, além de quatro divertidas mensagens para as rádios que gravaram em compacto.

Finalmente, há três faixas nunca lançadas, a canção de duplo sentido “Açúcar candy” (Sueli Costa/ Tite de Lemos), lançada por Ney Matogrosso em seu primeiro LP; e versões em espanhol de “Perigosa” e “Dancin’days” feitas para o mercado argentino. Há ainda uma inédita em CD, a faixa “Tutti-Frutti”, último grande sucesso do sexteto, onde dividem as vozes com Miguel Bosé, ator/cantor espanhol, à época um ídolo teen.

Quero agradecer à Elaine Medeiros da Warner Music pela parceria neste projeto.

Categories
Com textos assinados Discos Reedições

Três álbuns fundamentais de Emílio Santiago voltam ao catálogo, com ajudinha de Faour

É com muita alegria que venho participar a vocês o lançamento da série TRÊS TONS com EMÍLIO SANTIAGO – que produzi para a Universal Music a convite de Alice Soares, do Mkt estratégico da gravadora. Trata-se da REEDIÇÃO de discos originais que o cantor gostava muito – COMIGO É ASSIM (77), O CANTO CRESCENTE (79) – meu favorito – e GUERREIRO CORAÇÃO (80), nos quais ele canta o fino da MPB com lindos arranjos. Há no libretinho aspas inéditas dele sobre “O canto crescente”, pois era um disco que há muito eu acalentava relançar.

TrêsTons de Emílio Santiago - Uma produção Universal Music / Alice Soares/ Rodrigo Faour

Categories
Com textos assinados

O balanço de 2012 – 77 CDs, 2 shows, 1 peça e 1 livro publicado

Amigos, venho aqui divulgar o balanço da minha produção em 2012. Para começar, a produção das duas caixas de ELIS REGINA (25 CDs, com direito a 3 coletâneas criadas por mim e uma música inédita), da caixa de NANA CAYMMI (20 CDs, com direito a CD duplo caprichado de faixas extras), o CD duplo HERIVELTO MARTINS 100 ANOS – FAÇA DE CONTA QUE O TEMPO PASSOU, 2 mini-biografias nos CDs da coleção Grandes Vozes da Folha de S. Paulo de ELZA SOARES e ELIZETH CARDOSO, e mais 13 CDs da série SUPER DIVAS (ADEMILDE FONSECA, ANGELA MARIA, CLAUDIA, ELIANA PITTMAN, ELIZETH, DALVA DE OLIVEIRA, MARIA ALCINA, WALESKA, ARACY D ALMEIDA, MAYSA, ROSANA TOLEDO, LENY EVERSONG E CARMÉLIA ALVES), 12 textos para as duas caixas de CAUBY PEIXOTO do selo Discobertas, o relançamento de MARLENE “Te pego pela palavra” em homenagem aos 90 anos da cantora, e de dois álbuns originais da cantora MAYSA (DOIS TONS DE MAYSA), a pesquisa musical para a peça “AS MIMOSAS DA PRAÇA TIRADENTES”, a direção e roteiro do show INFERNYNHO, com MARÍLIA BESSY E NEY MATOGROSSO. E finalmente, o lançamento da biografia DOLORES DURAN – A NOITE E AS CANÇÕES DE UMA MULHER FASCINANTE (com direito a grande show em SP, com 7 grandes artistas). Total: 1 livro, 1 peça, 2 shows e 77 CDs.

Aproveito para agradecer a todos os profissionais que me convidaram para trabalhar com eles, como Alice Soares (Universal), Jorge Lopes, Luiz Garcia e Ricardo Moreira (EMI), Gustavo Gasparani (“As mimosas…”), Marília Bessy, além da designer Flávia Oliveira e todos os que estiveram juntos comigo neste ano. Muito obrigado pela confiança!

Categories
Coletâneas Com textos assinados Discos Reedições

Nana Caymmi ganha caixa caprichada de 20 CDs produzida por Faour

É com muito orgulho que venho aqui divulgar a caixa “A dama da canção”, que produzi para a EMI Music, a convite do gerente de vendas da gravadora, Jorge Lopes. No conceito da caixa, achei interessante resgatar os cinco primeiros discos da cantora, gravados nas gravadoras Elenco, Trova (argentina), CID e RCA antes de a cantora assinar com a EMI-Odeon em 1979. O resultado é uma caixa com 18 álbuns de carreira, gravados entre 1965 e 2000, e mais o CD duplo “Eu sei que vou te amar… Nana Caymmi” com 41 faixas super selecionadas dentre todas as cerca de 130 avulsas que ela já registrou até hoje. O box inclui um libreto com uma mini-biografia e entrevistas especiais com a cantora e com seu irmão, Dori Caymmi, seu principal incentivador e arranjador de grande parte de seus discos.

Caixa de 20 CDS "A Dama da canção", produzida por Rodrigo Faour para a EMI Music

Matéria do Jornal O Globo
Matéria do jornal O Globo publicada em 25/12/2012

Matéria do jornal Folha de S. Paulo publicada em 6/01/2013

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1210027-caixa-com-19-discos-celebra-40-anos-de-carreira-de-nana-caymmi.shtml

Categories
Coletâneas Com textos assinados Discos

Série Super Divas traz cerca de 250 gravações raras ou inéditas no formato CD de 13 cantoras brasieliras

Amigos, após um ano e oito meses de trabalho, tenho o prazer de anunciar o lançamento da primeira série de coletâneas brasileira dedicada às nossas grandes cantoras. Super Divas, lançada pela EMI Music, tem belíssimo projeto gráfico de Flávia Oliveira e traz nos encartes um texto biográfico assinado por mim de cada uma das 13 cantoras da série, todas as letras e miniaturas das capas originais. Não foi fácil reunir tantas autorizações e conseguir todas as gravações, já que algumas matrizes se perderam, mas valeu a pena o esforço. Esta é uma das minhas maiores realizações profissionais. Agradeço muito a Jorge Lopes, da EMI, por abraçar este projeto.

O critério adotado em relação à escolha das cantoras foi incluir as divas que gravaram na Odeon e na extinta Copacabana que ainda tinham muito material raro ou inédito no formato CD. Dos 13 títulos da série, apenas dois são duplos, o de Dalva de Oliveira e o de Ademilde Fonseca – em que a mesma participou ativamente, comentando faixa a faixa, pouco antes de nos deixar aos 91 anos. As demais são: Angela Maria, Elizeth Cardoso, Maysa, Cláudia, Eliana Pittman, Waleska, Maria Alcina, Carmélia Alves, Rosana Toledo, Aracy de Almeida e Leny Eversong. Aproveitem!

 

 

Crítica de Carlos Calado - Guia da Folha de S. Paulo - 28/07/2012