Categories
Com textos assinados Discos Reedições

Três álbuns fundamentais de Emílio Santiago voltam ao catálogo, com ajudinha de Faour

É com muita alegria que venho participar a vocês o lançamento da série TRÊS TONS com EMÍLIO SANTIAGO – que produzi para a Universal Music a convite de Alice Soares, do Mkt estratégico da gravadora. Trata-se da REEDIÇÃO de discos originais que o cantor gostava muito – COMIGO É ASSIM (77), O CANTO CRESCENTE (79) – meu favorito – e GUERREIRO CORAÇÃO (80), nos quais ele canta o fino da MPB com lindos arranjos. Há no libretinho aspas inéditas dele sobre “O canto crescente”, pois era um disco que há muito eu acalentava relançar.

TrêsTons de Emílio Santiago - Uma produção Universal Music / Alice Soares/ Rodrigo Faour

7 replies on “Três álbuns fundamentais de Emílio Santiago voltam ao catálogo, com ajudinha de Faour”

Olá Rodrigo, quero ti dizer que estes 3 lancamentos em cd dos discos do Emílio , é o meu melhor presente de aniversário, muito obrigado de coração, sonhei muito com essas reedições, tô feliz !!! Já tô levando os meus para ouvir na minha festa de anivesário em Guarapari – ES. Fique com Deus e que ele ti ilumine sempre para que venham mais coisas boas do nosso saudoso cantor Emílio, esse faz muita falta para nós que somos amante da boa música!!! Abraços do seu fã numero 1, Roberto Ramos.

Parabéns, Rodrigo, por todo esse empenho pela boa música e pelos bons intérpretes. — Emílio Santiago é inesquecível.

Oi, Rodrigo

Parabéns por esse lançamento e já vou comprar logo o meu.Claro que eu preferia um box completo, mas pela situação do mercado, é melhor 3 do que nada.Aproveitando a oportunidade, gostaria de sugerir dentro da série Tons os seguintes títulos:

Quatro Tons de Alcione(Pra que Chorar/Alerta Geral/Gostoso Veneno/ E Vamos à Luta);
Quatro Tons de Claudette Soares(Gil, Chico e Veloso por Claudette Soares /Claudette Soares 69/Quem não é a maior tem que ser a melhor/Claudette nº 3);
Quatro tons de MPB4 (De Palavra… em Palavra…/Palhaços e Reis/10 Anos Depois/Canto dos Homens);

(Se a Universal Music relançou 4 cds de Odair José, porque não relançar 4 dos citados acima, que são muito mais relevantes e significativos???)

Agora que o enorme acervo da EMI pertence à Universal,sugiro também dentro da série Tons os álbuns de Fátima Guedes, Alaíde Costa e Sueli Costa.
Rodrigo, será que a caixa da Sylvia Telles, prometida pela EMI poderá sair pela Universal?Espero que esse sonho se torne realidade.

Obrigado e me desculpe se alonguei demais.

Abs
André Luiz

Caro Rodrigo, primeiramente parabenizar seu trabalho em relançar tantas obras preciosas das quais mantenho orgulhosamente na minha estante. E venho aqui propor um trabalho que, quem sabe, poderá sair pelas suas mãos. É bem verdade que a Sony Music detém em seu catálogo um bom apanhado da música nordestina. Obras de valor como Elba Ramalho, Amelinha, Zé Ramalho e tantos outros que ganharam relançamentos. Porém a mesma detém ainda a obra de uma cantora nordestina que alcançou tanta fama quanto estes e gravou apenas 5 discos, porém de grande expressividade para a MPB. Trata-se de Terezinha de Jesus, potiguar (RN) e atualmente planeja voltar à música. Mas o que encanta é a sua voz naquele tempo. Lançados pelo selo Epic/CBS entre 1979 e 1983, os poucos 5 discos dela são uma pérola da MPB que o Brasil precisa descobrir. Fica a dica! Mais uma vez, parabenizando o seu trabalho! Abraço!

Na torcida que as sugestões de Tom Ceravolo se concretizem. Principalmente a de Sueli Costa.

Parábens pela iniciativa Rodrigo e muito obrigada.

Abraço.

Um belo dia ao assistir ao “Sem Censura” conheci o trabalho de Rodrigo Faour e partir daí comprei seus livros e só então me dei conta de que muito dos cds eram produzidos por ele.Hoje tenho um belo acervo de mpb graças ao bom gosto deste versátil produtor.Também torço pelos trabalhos de Suely Costa e Fátima Guedes.Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *