Categories
Discos Reedições

Caixa “Metamorfoses” completa a discografia de Ney Matogrosso

Acaba de chegar às lojas a caixa Metamorfoses, que produzi para a Universal Music. Se a caixa anterior, Camaleão, trazia 16 discos de carreira solo de Ney Matogrosso, do primeiro, “Água do céu – pássaro” (1975) até “À flor da pele” (de 1991), nesta “Metamorfoses” o trabalho foi completado, indo de “As aparências enganam” (1993) até “Beijo bandido” (2009). Se na primeira predominava um tom mais explosivo, over e abusado, nesta, acompanhando a evolução de costumes no país, ele não deixou de ser ousado, mas não havia mais necessidade de ser às vezes tão agressivo e de exagerar na ambiguidade sexual. Sendo assim, se permitiu realizar trabalhos mais intimistas, tributos diversos e até uma parceria com Pedro Luís e A Parede.  São 14 CDs de carreira, 1 coletânea dupla com algumas gravações inéditas (escolhidas por Ney, em 2006, intitulada “Vinte e cinco”) e 1 belíssimo CD duplo de raridades que traz o mesmo nome do box, com faixas escolhidas por mim e pelo próprio cantor – algumas já eram para ter saído na anterior, mas não havíamos conseguido as autorizações. A Universal Music fez história ao lançar esta segunda caixa, por recolocar no mercado a íntegra da obra de um artista excepcional, do quilate de Ney Matogrosso.

Frente e verso da caixa "Metamorfoses", cujo design é de Flávia Oliveira

 

Capa do CD Metamorfoses, com 31 faixas avulsas de Ney Matogrosso, que vem junto com a caixa homônima, recém lançada pela Universal Music
Delicioso repertório do CD Metamorfoses, cuidadosamente escolhido por mim e pelo próprio cantor

4 replies on “Caixa “Metamorfoses” completa a discografia de Ney Matogrosso”

Atenção: “Vinte e Cinco”, coletânea dupla de Ney Matogrosso, não foi lançada em 2006 como aparece no texto acima… Saiu dez anos antes, em 1996!!!

PS.: No mesmo ano, aliás, em que ele lançara “Um Brasileiro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *