Categories
Com textos assinados

Wilson Miranda – Tempo Novo (1965)

Wilson Miranda – Tempo Novo (1965) (Coleção “Essential Classics”) (BMG, 2004)

Wilson Miranda começou a gravar no final dos anos 50, e alternava em seu repertório roquinhos, bossa nova e canções românticas bem populares. Em 1965, antes de enveredar também pelo caminho da produção musical, gravou seu sétimo disco e primeiro na RCA, com um repertório de sambas e bossas, bem ao sabor da época. Rodrigo Faour

1. Tempo feliz
2. Amanhã
3. Mania de Maria
Maria ninguém
Mária, Maria, Maria
Maria do Maranhão
Maria
E eu sem Maria
Sonho de Maria
Seu nome não é Maria
4. Grilhões
5. O bem maior
6. Preciso aprender a ser só
7. Eu vivo num tempo de guerra
8. Vem brincar de ser feliz
9. Vaidoso
10. Ai, que saudade da Amélia
11. Bó-dó

Reedição produzida por Charles Gavin
Texto de contracapa assinado por Rodrigo Faour

Opinião da imprensa

Folha de S. Paulo – Pedro Alexandre Sanches
O Globo – Coluna Sonar / Antonio Carlos Miguel

24 replies on “Wilson Miranda – Tempo Novo (1965)”

Rodrigo,
Você sabe informar se o cantor Wilson Miranda está vivo?
Obrigada

Maria Lúcia

Cara Maria Lúcia

Wilson Miranda faleceu em 20 de junho de 1986. Foi vítima de uma parada cardíaca, quando dirigia seu carro, e estava parado em um sinal de trânsito em São Paulo.

Chico

Realmente este é um País sem memória. Artistas marcantes e famosos q se foram, e nem p/ dar uma simples nota de falecimento. É aquela mesmice de sempre nos noticiários da TV, ou então as propagandas políticas obrigatórias nos horários nobres. Não fosse essa maravilha da Internet, eu nunca saberia dos antigos famosos artistas sumidos ou q já fizeram sua passagem. Grata pela oportunid/e.

PREZADO RODRIGO FAOUR!
Quero agradecer muitíssimo por haver uma página tão importante como esta sua que me deixou informada sobre a morte de um grande artista – Wilson Miranda!Até hoje, não sabia se estava ainda vivo!Adorei, tb, ler sobre a trajetória dele no mundo artístico. Parabéns pelo seu trabalho!
Recife,20/03/10.
TEREZA ANDRADE.

Caro RODRIGO, adquiri o CD O MELHOR CARNAVAL DO MUNDO – MARCHAS E SAMBAS IMORTAIS. É maravihoso. Gostaria que lançasse outra coletânia, que contivesse as músicas ÚLTIMO CLARIM – DIRCINHA BATISTA, QUERIDA PORTELA – ELZA SOARES, FANTASIA DE ARLEQUIM – MARLENE, MAG, INÊS E ANA – NUNO ROLAND, ILHA DO SOL – ANGELITA MARTINEZ, TWIST NO CARNAVAL – MARLENE, CARNAVAL NA ONDA – CLARA NUNES, DÁ NELA SAUDADE – ROBERTO AUDI, VOLTEI – OSWALDO NUNES, LEVANTA A CABEÇA E OBA – OSWALDO NUNES,BLOCO DO SUJO – AS GATAS, DALVA DE OLIVEIRA, ORLANDO DIAS, JOÃO DIAS, etc….Um abraço

Eu quero saber em que ano nasceu e faleceu Wilson Miranda.

se v produz CDs com cantores brasileiros antigos, gostaria
que saísse “Exodus” na voz de LUIZ CLAUDIO (tenho um Cd dele,
do selo Revivendo, mas não tem esta música) João Dias na mesma
música (Canção do Êxodo, de Ernest Gold e Pat Boone), Francisco Carlos – cantando “El Dia Que Me Quieras” (O Dia em
Que Me Queiras, na versão), músicas de Marlene dos anos 1950 a
1954, “Caprichos do Amor” com Jairo Aguiar… “A Colheita do
Algodão” orquestra.

caro rodrigo faour,é com grande satisfação que encontrei sua página na net,sou de recife,do final da década de 50,é como as amigas tereza andrade e lindaurea santos comentaram,o brasil é mesmo um país sem memória,o grande agnaldo timóteo está sempre acompanhando esses cantores sumidos do cenário artístico e,ás vezes escuto ele falar do isolamento em que morrem esses grandes interpretes,é revoltante como a grande mídia só valoriza essas porcarias de ruídos que chegam aos nossos ouvidos últimamente.obrigado.

Tive o previlegio de receber um dos primeiros lps que ele gravou na RCA, pois minha irmã era secretaria do Gerente Comercial da gravadora,tão logo que peguei comecei a ouvir e não tive duvida que realmente era uma obra prima da musica
da mpb, obrigado meu Deus por este presente.
Beto

Querido amigo, admiro muito o seu trabalho e muito material para o meu site recolho aqui. Não sei se vc os conhece: Memoria da MPB, Por Onde Canta e Museu da Canção. Gostaria muito de saber se vc tem material ou informação sobre o falecido cantor Marco Aurélio (ex-marido da cantora Silvana) e do Marcio Jose (do sucesso “O Telefone Chora”) . Mais uma vez parabéns pelo seu trabalho! Gde abraço!

Rodrigo, conheci Wilson Miranda em São Vicente no ano de 1985.
Após seu falecimento mantive contato com seus filhos Marcos José Paulo e carlota. Há alguns anos perdi o telefone deles. Por acaso você poderia me ajudar encontrálos

voce sabe me dizer onde anda os filhos do wilson miranda eu me chamo antonio marcos sou um subrinho do cantor wilson e conheço o filho mais velho dele que nunca conheceu o pai wilson miranda meu msn e antoniotaxi1@hotmail.com

Que pena todos estes artistas que fez uma geração inteira canta e admirar foram e estão indo embora. Só resta saudades e dor que fica na gente.

Olá Tudo Bem?

Gostaria de informar que morreu cantor WILSON MIRANDA 20/06/1986, só que o correto é 03/05/1985, conforme informação do SERVIÇO FUNERÁRIO MUNICIPAL DE SÃO PAULO, e ele está sepultado no Cemitério do Araçá na quadra 63 terreno 414.

Espero ter colaborado com vocês.

Um abraço

Tive o privilégio de trabalhar com os dois filhos de Wilson Miranda, Marcão e Zé Paulo e não tive mais contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *