Categories
Coletâneas

João Nogueira – Série "Maxximum"

João Nogueira – Série “Maxximum” (SonyBMG, 2006)

Poucos sambistas tiveram um repertório autoral tão interessante quanto João Nogueira (1941-2000). Em seus pouco mais de 30 anos de carreira, ele pôde morrer em paz com sua consciência, pois jamais traiu sua filosofia de gravar o melhor do samba brasileiro, seja de sua lavra com seu fiel parceiro Paulo César Pinheiro, ou mesmo de outros bambas contemporâneos seus e da velha guarda do samba. Neste CD temos as jóias de sua fase BMG, dos quatro álbuns gravados entre 1983-1986 e seu último disco solo, de 1998, incluindo o antológico encontro com Martinho da Vila no Clube do Samba. Rodrigo Faour

1 Clube do samba (João Nogueira) – com Martinho da Vila (1983)
2 Ai que calor (Jorge Cardoso/ Beto Correa) (1998)
3 Quando parei no sinal (Franco/ Arlindo Cruz) (1998)
4 Mel da Bahia (João Nogueira/ Edil Pacheco) (1984)
5 Sapato de trecê (Nonato Buzar/ João Nogueira) (1983)
6 Dois dois (Clovis/ Dadinho/ Mateus) (1983)
7 Na boca do mato (Luiz Grande) (1984)
8 De amor é bom (Edil Pacheco/ João Nogueira) (1985)
9 Sonho de uma noite de verão (Reginaldo Bessa/ Nei Lopes) (1983)
10 Segredo (Herivelto Martins/ Marino Pinto) (1984)
11 Pro mundo morar (João Nogueira/ Mário Lago) (1998)
12 Apitaço (João Nogueira) (1998)
13 É disso que o povo gosta (Carlinhos Vergueiro) (1985)
14 Terra gira (João Nogueira) (1985)
15 Bahia morena (Edil Pacheco/ João Nogueira) (1986)
16 Como será o ano 2000? (Padeirinho) (1983)
Pesquisa de repertório: Rodrigo Faour
Coordenação da série: Flávio Pinheiro e Marcus Fabrício

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *